• Sônia Apolinário

2022: ano pautado na disputa de poder



O ano de 2022 terá como primeiro regente o arcano 1 - O Mago na sua representação de Mercúrio. O segundo regente é a Lua, representada pelo arcano 2 - A Sacerdotisa.


De cara, o céu da virada de ano terá a energia do Sol em Capricórnio juntamente com Urano em Touro. Em termos vibracionais do Tarot, teremos o arcano 19 - O Sol iluminando o arcano 15 - O Diabo; e o arcano 0 - O Louco transitando na energia do 5 - O Hierofante.


Nessa alquimia tão forte, sabemos que este ano será muito pautado na dualidade, na disputa de poder.


A polaridade da busca de quebra de padrões do Louco transitando no terreno dogmático do Hierofante desestabiliza dogmas e pensamentos rígidos. O Sol iluminando o Diabo coloca uma luz no egocentrismo, nos pedindo para olhar nossa sombra com toda clareza e perceber o que é real e o que é ilusão.


Em suma, 2022 está complementando os ensinamentos dos dois anos anteriores. Fizemos o dever de casa direitinho? Começamos a olhar o conjunto? Compreendemos que tem que ser bom para todos e não para uma meia dúzia de pessoas apenas? Entendemos que somos todos UM?


O Mago junto com a Sacerdotisa faz uma mistura muito potente porque esta fala de introspecção, das águas emocionais e reais. Imagine agora você em contato com as suas emoções e falando tudo sem filtro…. Pode ser que gere algum desconforto em quem ouve ou, quem sabe, até em você por se arrepender do que falou.


Por isso, atenção à sua forma de se expressar e ao que você está falando.


Lembre-se: você pode controlar o que fala e como fala, mas é impossível controlar como o outro entende ou sente a respeito do que você expressou.


Essa é uma energia mundial, mas para nós brasileiros que teremos eleições em 22, devemos ter a atenção redobrada com as discussões de cunho ideológico. Para nós, será um exercício adicional de entendimento e aceitação da opinião do outro, por vezes tão contrárias às nossas!


Todo cuidado é necessário para não ferir com as palavras em 2022.


Os regentes Janeiro



No início de cada mês você encontrará aqui uma leitura sobre a energia que circulará no período e como fazer para superar os possíveis obstáculos que venham a surgir. Assim, já começamos com Janeiro:


A Temperança e a Rainha de Espadas


Como lidar com as energias de disputa de poder neste mês? Com a frieza de emoções da Rainha de Espada e o olhar no futuro da carta da Temperança.


As disputas de poder podem estar tanto fora de você quanto internamente. Quantas vezes a dúvida em si mesmo briga com a sua certeza de estar no caminho correto? Quantas vezes você se pergunta se é boa o suficiente?


A Rainha de Espadas não se deixa envolver em discussões apaixonadas porque ela é puro racional. Tão racional que chegam a dizer que ela é cruel. O fato é que ela consegue ver a situação do ponto de vista prático e é capaz de cortar a fala do outro com seu pensamento afiadíssimo.


A Temperança está sempre em busca do equilíbrio entre a Luz e a Sombra, vivendo um malabarismo que precisa de constante atenção. Qualquer descuido, a alquimia não irá funcionar.


Se você se descuidar, a energia da Rainha de Espadas se tornará fria demais e a possibilidade de crueldade aparecerá.


Ainda bem que A Temperança está aqui para te trazer o equilíbrio. Assim, diante dos olhos atentos deste ser alado, deixe que a sua fala seja consciente e acolhedora. Quando em meio a uma discussão calorosa com os outros ou consigo mesma, respire fundo, busque em você o centro de força e acolhimento, e viva este janeiro com olhos voltados ao seu principal objetivo. Você vai chegar lá.


A taróloga


Ana Ferraz é taróloga há 30 anos e desenvolveu o próprio método de ler Tarot somando os saberes clássicos deste oráculo, astrologia, numerologia e Kabbalah. Além disso, tem formação em terapias holísticas e em Constelação Familiar, o que lhe permite ter uma visão abrangente em suas consultas.

Para acompanhar o seu trabalho e contato, siga o perfil @goddess.oracle no Instagram


Leia mais


Maio é mês de plantio


Abril pede muita cautela nas escolhas


Março traz o desafio do auto-conhecimento


Em fevereiro, a palavra de ordem é 'renovação'




Destaques
Últimas