• Sônia Apolinário

Rótulo da Alem Bier, Merlot Grape Ale conquista título de melhor cerveja do Brasil

Com o rótulo Merlot Grape Ale, na categoria Wild Beer, a cervejaria Alem Bier conquistou o título de Best of Show no Concurso Brasileiro de Cervejas 2021. A marca é a segunda do país criada por uma vinícola, no caso, a Monte Reale, de Flores da Cunha (RS), sendo que a cervejaria fica dentro da vinícola.



Ano passado, a Alem Bier já tinha levado a medalha de prata na categoria Best of Show da competição, com o rótulo Muscat Brett Saison.


A edição 2021 do CBC teve, ao todo, 256 cervejas premiadas em 134 categorias, sendo 75 com medalhas de ouro, 88 de prata e 93 de bronze. Participaram do concurso 467 cervejarias de todo país, que inscreveram 3.162 rótulos para a competição.


Além de ter sido escolhida como a melhor cerveja do evento, a Merlot Grape Ale conquistou a medalha de ouro na categoria Wild Beer. Outro rótulo da marca também levou ouro: a Tripel Brett, na categoria Wood and Barrel Aged Sour Beer. A Alem Bier ainda ganhou duas medalhas de prata com a Acerolinha (Experimental Bier) e Angelina (Belgian-Style Fruit Beer, uma colaborativa com a Balbúrdia Cervejeira), além de uma de bronze que foi para o rótulo Muscat Brett Saison, uma Speciality Saison.


A produção da Merlot Grape Ale começou em 2019, com a colheita manual de uvas nas parreiras da Serra Gaúcha. Uma base de cervejas inspirada nas Ale italianas passou pela fermentação natural com as cascas e o suco da uva Merlot, em barricas de carvalho francês, localizadas na cave da vinícola. Os túneis estão a cinco metros de profundidade e têm temperatura controlada. De acordo com a cervejaria, a maturação de 24 meses trouxe notas próprias à fermentação espontânea, que acontece a partir da flora microbiológica da uva, conferindo “características selvagens e complexas” para a cerveja.


A vinícola Monte Reale foi criada há 48 anos. A cervejaria Alem Bier chegou ao mercado em 2018, com quatro rótulos – atualmente, já são onze. Sua fábrica foi instalada dentro de uma pedra, que foi recortada, no centro de uma estrutura utilizada pela vinícola para armazenar tanques de madeira.


Desde o início, coube aos irmãos Carlo e Bruno Mioranza, netos do fundador da vinícola, cuidar do novo negócio. Carlo (na foto, à direita) é o mestre cervejeiro e sommelier da Alem Bier. Na criação da Merlot Grape Ale, contou com a colaboração do enólogo Giovani Giotto (à esquerda), chefe de produção da vinícola.


Na época da criação da marca, os irmãos tiveram como consultores outros dois irmãos: Fernando e Carlo Lapolli, então sócios da Cerveja Blumenau. Há dois anos, Carlo está à frente da Balbúrdia Cervejeira, também com sede em Blumenau.


“Não sou mais consultor. Agora, só dou pitaco. Eles estão deslanchando”, afirmou Carlos Lapolli para Lupulinário sobre sua atuação na Alem Bier.


A Monte Reale é a segunda vinícola brasileira a produzir cerveja. Em 2015, a Casa Valduga, de Bento Gonçalves, também no Rio Grande do Sul, lançou a marca Leopoldina, outra medalhista no CBC 2021. O rótulo Italian Grape Ale, feito com mosto da uva Chardonnay, levou ouro na categoria Specialty Beer.


Ao contrário da Grape Ale “rival”, o rótulo premiado da Alem Bier ainda não está disponível no mercado. O lançamento está previsto para o segundo semestre, com garrafas numeradas e limitadas. Junto, será lançado o clube de assinatura da marca.


“Estamos vibrando muito com esse prêmio, especialmente neste rótulo que é muito simbólico: honra a sabedoria dos antepassados e, ao mesmo tempo, ilumina nossa visão para explorar novos caminhos nunca antes visitados", comenta Carlo Mioranza.


Leia também

Vinícola gaúcha cria a cervejaria Alem Bier

Cervejaria paranaense Cathedral é tetra no Concurso Brasileiro de Cerveja



Destaques
Últimas