• Sônia Apolinário

Desfiles de escolas de samba que marcaram época no Carnaval serão exibidos pela Rede Globo

Quando o ano de 2000 era um então futuro distante, que poderia significar o fim do mundo, a escola de samba carioca Mocidade Independente de Padre Miguel desfilou, no Sambódromo, o enredo “Ziriguidum 2001”, do carnavalesco Fernando Pinto, e se sagrou campeã do Grupo Especial de 1985. Esse é um dos 28 desfiles que fizeram história no Carnaval brasileiro, que a Rede Globo exibe no final de semana, dias 13 e 14. É o mais antigo dentre os que serão apresentados.


Nas imagens reproduzidas de um vídeo do Youtube, os robôs que formaram a comissão de frente e o carro abre alas com os robôs à frente.



Por conta da pandemia do Coronavírus, este ano, será a primeira vez, desde 1932, que escolas de samba não desfilarão no Carnaval do Brasil. Assim, o especial “Desfile Nº1 Brahma”, exibirá apresentações que ajudam a contar grande parte da história do carnaval brasileiro. A cada dia serão exibidos 14 desfiles. No sábado (13), a transmissão vai ao ar após o “Altas Horas” e, no domingo (14), após o “Big Brother Brasil”.


O público poderá eleger os melhores desfiles, um de cada estado, através de uma votação no GSHOW. O resultado será anunciado ao final da transmissão de domingo. A apresentação ficará por conta do ator Ailton Graça e do carnavalesco Milton Cunha.


“A Brahma e o carnaval são inseparáveis. A cervejaria engarrafou seu primeiro chope por causa do carnaval. A primeira fábrica da cervejaria era na Sapucaí. Por isso, para estimular as pessoas a ficarem em casa nesse carnaval, decidimos levar a programação do nosso famoso Camarote Brahma para a casa dos consumidores", afirma Gustavo Castro, diretor de marketing de Brahma.


As escolas vencedoras do Carnaval 2020 marcam presença: a paulista Águia de Ouro (“O Poder do Saber”) e a niteroiense Unidos do Viradouro (“Viradouro de Alma Lavada”) que também apresentará seu desfile de 1998, “Orfeu – O Negro do Carnaval”.


Até o momento, a emissora não informou a ordem de apresentação dos desfiles. Confira a lista dos enredos que participarão do especial:


São Paulo



1. Águia de Ouro – 2020 – O Poder do Saber (foto)

2. Mancha Verde – 2019 – Oxalá Salve a Princesa

3. Mocidade Alegre – 2014 – Andar Com Fé Eu Vou... Que a Fé Não Costuma Falhar

4. Acadêmicos do Tatuapé – 2018 – Maranhão: Os Tambores Vão Ecoar Na Terra da Encantaria

5. Unidos de Vila Maria – 2017 – Aparecida – a Rainha do Brasil – 300 Anos de Amor e Fé no Coração do Povo Brasileiro 6. Dragões da Real – 2017 – Dragões Canta Asa Branca 7. Rosas de Ouro – 2005 – Mar de Rosas 8. Tom Maior – 2009 – Uma Nova Angola se Abre Para o Mundo. Em Nome da Paz, Martinho da Vila Canta a Liberdade 9. Império de Casa Verde – 2005 – Brasil, se Deus é Por Nós, Quem Será Contra Nós 10. Barroca Zona Sul – 2020 – Benguela, a Barroca Clama a Ti, Teresa 11. Gaviões da Fiel – 2003 – Cinco Deusas Encantadas na Corte do Rei 12. Colorado do Brás – 2019 – Hakuna Matata, Isso é Viver 13. Vai-Vai – 2008 – Vai-Vai Acorda Brasil 14. Acadêmicos do Tucuruvi – 2011 – Oxente, o que Seria da Gente sem essa Gente, São Paulo, a Capital do Nordeste Rio de Janeiro


1. Acadêmicos do Salgueiro – 1993 – Peguei um Ita no Norte (Explode Coração) 2. Mocidade Independente de Padre Miguel – 1990 – Vira Virou, a Mocidade Chegou 3. Unidos do Viradouro – 1998 – Orfeu – O Negro do Carnaval 4. Beija-Flor de Nilópolis – 1989 – Ratos e Urubus, Larguem a Minha Fantasia 5. Portela – 2017 – Quem Nunca Sentiu o Corpo Arrepiar ao Ver Esse Rio Passar 6. Unidos da Tijuca – 2010 – É Segredo 7. Imperatriz Leopoldinense – 1989 – Liberdade! Liberdade! Abre as Asas Sobre Nós 8. Estação Primeira de Mangueira – 2016 – Maria Bethânia, A Menina dos Olhos de Oyá 9. Unidos de Vila Isabel – 1988 – Kizomba, Festa da Raça 10. Mocidade Independente de Padre Miguel – 1985 – Ziriguidum 2001 11. Beija-Flor de Nilópolis – 2011 – A Simplicidade de um Rei 12. Acadêmicos do Grande Rio – 2017 – Ivete do Rio ao Rio 13. Unidos do Viradouro – 2020 – Viradouro de Alma Lavada (foto)

14. Império Serrano – 2004 (reedição do samba de 1964) – Aquarela Brasileira


Veja o desfile “Ziriguidum 2001”


Confira a Agenda do Carnaval virtual 2021

Destaques
Últimas