• Sônia Apolinário

Museu da Cerveja passa ser administrado pelos donos da Cerveja Blumenau

Os sócios da Cerveja Blumenau, Valmir Zanetti e Ulysses Kreutzfeld, assumiram a gestão do Museu da Cerveja. Até então, o local era um equipamento turístico municipal da cidade catarinense que a cervejaria homenageia no seu nome. O museu passará por reformas e vai ganhar, entre outras novidades, um biergarten no entorno de um chafariz de cerveja.



A formalização da transferência da gestão do museu para a iniciativa privada aconteceu na sexta-feira, 18 de dezembro. Valmir Zanetti e Ulysses Kreutzfeld também são sócios da Bier Vila, complexo que reúne bar, restaurante e loja de cerveja.


Inaugurado em 1996, o museu tem cerca de 200 metros quadrados. Atualmente, encontra-se fechado por conta da pandemia do coronavírus – em Santa Catarina, até o momento, todos os museus estão com suas portas fechadas para o público.


No acervo há equipamentos como chopeiras, panelas e garrafas; cartazes relacionados com a Oktoberfest - a festa mais importante realizada em Blumenau, cidade conhecida como a Capital Brasileira da Cerveja, além de canecos e insumos.



Localizado no centro da cidade, o espaço apresenta informações sobre a relação do lugar com a cerveja, especialmente relacionadas aos imigrantes.


A nova gestão promete modernizar o museu e “trazer uma nova experiência para a cidade, que já recebe muitos turistas interessados na cena cervejeira por conta dos eventos”, de acordo com Valmir Zanetti.


Segundo Ulysses Kreutzfeld, uma das metas do negócio é fazer o público conhecer melhor a relação entre a cidade e a produção de cerveja, além de “vivenciar mais a região”:


“Nossa experiência com o turismo mostra que o envolvimento local é fundamental. No caso do Museu da Cerveja, queremos que a população da cidade veja com orgulho o que se construiu aqui e sinta que aquele lugar conta também a sua história”, observa ele, à esquerda, na foto abaixo.


A previsão para a reinauguração é no segundo semestre de 2021. Até lá, o museu passará por obras de infraestrutura que inclui a reforma do telhado. A construção será ampliada e vai ganhar um deck de cerca de 300 metros quadrados. O espaço será transformado em um biergarten, com mesas e ombrelones no entorno de um chafariz de cerveja. Um dos destaques promete ser um novo mirante para observação da curva do Rio Itajaí-Açú, que corta Blumenau.

Dentre as melhorias, faz parte a revitalização do acervo com a incorporação de novas peças. Além disso, o museu passará a ter um espaço para exposições temporárias.


“Somos a Capital Brasileira da Cerveja, a cidade da Oktoberfest, um município muito marcante para o cenário cervejeiro nacional. Vamos trabalhar para que o Museu da Cerveja faça jus ao passado, ao presente e ao futuro desse segmento na região e no país”, afirma Valmir Zanetti, à direita da foto.







Destaques
Últimas

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolinário