• Sônia Apolinário

Drinques e cervejas para celebrar o Dia Mundial do Café

Nem todo café é para ser tomado quentinho na xícara ou caneca. E nem toda bebida que leva café é escura. Para celebrar o dia Dia Mundial do Café, comemorado em 14 de abril, receitas de drinques e cervejas feitas com café que vão surpreender.


Nos drinques, duas sugestões da rede de franquias Sterna Café e uma do sítio Vai e Volta.


Orange Coffee

Ingredientes


250 ml de suco de laranja

50 ml de expresso

1 colher sopa de açúcar mascavo

Gelo


Modo de preparo:

Extraia o expresso da forma que achar mais fácil. Pode ser coado em filtro de papel ou pano caseiro ou, se desejar, por métodos especiais como Hario V60. Leve o café já coado e frio junto com o gelo e o açúcar ao liquidificador e bata até que gelo fique bem picadinho, mas ainda presente. Adicione a mistura cuidadosamente ao suco de laranja. A bebida tem uma coloração alaranjada.

Sirva em um copo Long Drink com canudo, decore com laranja e aproveite.



Mocha Biscuit


ingredientes

50 ml de café

45 g de bolacha Oreo

100 ml de leite vaporizado

20 g de chantilly

10 g de calda de chocolate


Modo de preparo:

Em uma taça Bill (taça para café ou similar) coloque 2 bolachas quebradas, adicione a calda, coloque o leite vaporizado e o espresso no centro, para que fique trifásico. Coloque um caracol de chantilly e decore com uma bolacha.





Gin tônica com café gelado com limão

Ingredientes


Gelo no copo

50 ml de Gin

100 ml de água tônica

50 ml de café coado com limão (foto)


Faça seu café como de costume, porém na hora de coar coloque uma rodela de limão em cima do filtro.

Se quiser um efeito ainda mais interessante esprema um pouquinho de limão no café

Nessa receita, extração no Hario V 60, com proporção de 7.5 g para 100 ml e o café usado foi o Café Especial Sítio Vai e Volta.

Foto: Rafael Cruz



Cervejas


Existem dezenas de rótulos que têm café como ingrediente de uma receita de cerveja. Em outros, o aroma e o sabor são apenas provenientes do malte torrado. Aqui, três exemplos de cerveja com adição de café, mas que, nem por isso, deixam a bebida escura.


Carioca Against Stereotype



Rótulo com 6,0% de teor alcoólico da Carioca Brewing Co. para o projeto “Onde Está o Gole?” Trata-se de uma Sour Ale feita com coldbrew do café Cartola, que confere para a bebida notas delicadas de nozes, cacau e um leve torrado. Além disso, foram feitas adições massivas de amora, fazendo com que a cerveja tenha ao mesmo tempo, acidez, refrescância e equilíbrio no ponto certo.






Coffee Blond



Cerveja no estilo Blond Ale da cervejaria Odin com adição de café verde. Resultou em uma bebida com 5,5% de teor alcoólico e 14 IBU (teor de amargor). Na receita, café Tassinari, que é produzido em São José do Vale do Rio Preto, ex-distrito de Petrópolis, cidade serrana do Rio de Janeiro. A cervejaria é da mesma região, em Itaipava.






Lydia



O rótulo da cervejaria Matisse é feito com café verde da Fazenda do Engenho (MG). Essa Cofee IPA tem 7,8% de teor alcoólico.



Leia também:

Café especial turbina cervejas nacionais




No Dia Mundial do Café, um brinde com produção premiada do Rio de Janeiro


Destaques
Últimas