• Sônia Apolinário

Niterói não poderá comprar a vacina contra Covid19 do Instituto Butantan

Nada feito. Niterói não poderá comprar as vacinas contra Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan. Agora, a imunização dos moradores da cidade será feito em função do plano de imunização do governo federal. As mudanças de planos foram informadas pela assessoria de imprensa da prefeitura de Niterói.



Leia a íntegra do informe enviado aos jornalistas hoje, segunda-feira, dia 11 de janeiro:


“O prefeito de Niterói, Axel Grael, e o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, se reuniram por videoconferência nesta segunda-feira (11) com o governador de São Paulo, João Doria, e o coordenador executivo do Centro de Contingência do Estado de SP, João Gabbardo, para discutir a compra da vacina contra Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan. O ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, que em dezembro assinou o memorando de intenções para a compra de 1,1 milhão de doses, também participou da reunião. O governador de São Paulo informou que a compra da Coronavac não será possível, uma vez que foi assinado contrato de exclusividade entre o Instituto Butantan e o Ministério da Saúde. Com isso, o prefeito Axel Grael informou que Niterói vai integrar o plano de imunização do Governo Federal, que promete vacinação simultânea em todo o País. “Niterói está preparada para iniciar a vacinação ainda este mês, com equipes e insumos necessários”, afirmou o Grael. “A compra integral das vacinas do Instituto Butantan pelo Ministério da Saúde é uma vitória do SUS. No entanto, é urgente que o Governo Federal coloque em prática o Plano Nacional de Imunização, do qual Niterói fará parte. Já entrei em contato com o Ministério da Saúde, Secretária de Estado de Saúde, Fiocruz e Butantan para comunicar que estamos prontos para a imunização”. Niterói foi a única cidade do estado do Rio a participar do esforço mundial pela vacina, começando em agosto os testes da Fase 3 da Coronavac, com centenas de voluntários profissionais de saúde do município. A vacina alcançou excelente resultado imunizando 100% para casos graves e moderados e 78% para casos leves. Em dezembro, a cidade assinou um memorando de intenções para a compra de 1,1 milhão de doses – o suficiente para imunizar toda a população da cidade. Planejamento – O município terá 54 salas de vacina nas unidades do Programa Médico de Família (PMF), policlínicas e unidades básicas de saúde, além de uma unidade de vacinação no modelo de drive thru. A vacinação também poderá ser agendada através do aplicativo Dados do Bem, já utilizado pelo município para a marcação de testes rápidos de Covid-19 pelo sistema de drive thru. Niterói já testou mais de 150 mil pessoas durante a pandemia. Niterói tem a maior cobertura de atenção básica da saúde pública da Região Metropolitana do Rio por meio do Programa Médico de Família, que atende 100% do público alvo em todas as comunidades da cidade."


Em pronunciamento feito também hoje, o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, informou que todos os estados terão acesso à vacina ao mesmo tempo. Isso irá acontecer "no dia D na hora H".

foto: divulgação prefeitura de Niterói

Destaques
Últimas

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolinário