• Sônia Apolinário

Empresa de investimentos da prefeitura do Rio de Janeiro quer conhecer melhor o mercado cervejeiro

O chamado “mercado cervejeiro” da cidade do Rio de Janeiro recebeu um convite pouco comum. A Invest.Rio, nova empresa de atração e promoção de investimentos da prefeitura, chamou os players do segmento para um encontro, no próximo dia 16. Em pauta: apresentar seus projetos e ouvir as demandas do setor. Lupulinário conversou com Paulo Gontijo, o diretor de Inovação e Novos Negócios da empresa, que participará da reunião.


Ele explicou que faz parte da rotina da Invest.Rio promover encontros com mercados considerados estratégicos. Além disso, afirma, essas reuniões são importantes para que os empreendedores conheçam a própria empresa, criada no início do ano, em substituição à Rio Negócios.


A Invest.Rio faz parte da estrutura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação do Rio de Janeiro. Ligando nomes aos cargos: o secretário é o ex-deputado estadual (Novo) e Líder Livres Chicão Bulhões; o Diretor Presidente da Invest Rio é Rodrigo Stallone, ex-chefe de Gabinete do deputado. Gontijo, ex- presidente do diretório estadual do PSL no Rio, por dois anos, esteve à frente do movimento Livres, que deixou para assumir seu cargo na Invest.Rio.


Ele explica que os principais projetos da empresa são o Porto Maravalley (que tem por objetivo atrair investimentos para a região do porto) e o Crédito Carioca (um programa de apoio ao micro e pequeno empreendedor, viabilizado através de parceiros).


Sim, ele já ouviu falar na ideia de ter, no porto, uma Cidade Cervejeira, nos moldes da Cidade do Samba. Porém, segundo afirma, é algo ainda em fase de estudo de projeto. Assim, ele prefere não comentar “para não criar falsas expectativas”.


Apreciador de cerveja artesanal, Gontijo fez curso de produção na Confraria do Marquês, mas, depois, não praticou em casa.


“Nessa área, como consumidor, sinto falta de lugares que ofereçam uma melhor experiência na apreciação da cerveja. Talvez lugares como biergartens. Além disso, é preciso melhorar a qualidade do serviço. Isso é fato”, diz ele, um Ipeiro assumido.


Na sua opinião, a união entre cerveja e turismo também pode dar samba. Nesse caso, a conexão terá que ser feita, também, com a secretaria de Turismo, além da secretaria de Desenvolvimento Econômico.


“A cerveja é um mercado que queremos desenvolver. É um mercado muito importante. Nessa reunião, vamos conhecer melhor as demandas para saber como podemos atuar para conectar empresas e investidores”, comenta.


Ele diz que “adoraria trazer o Mondial de la Bière de volta para o porto”. Este ano, pela primeira vez, o evento que é tido como um dos maiores festivais de cerveja do país, será realizado na Marina da Glória. Gontijo conta que já garantiu seu ingresso para participar do evento.


A reunião será realizada dia 16 de novembro, às 15h, na rua Sacadura Cabral, 133, (auditório), na Gamboa.


Destaques
Últimas