ArtRio entra para o portfólio da Dream Factory, do grupo Artplan

A Dream Factory, do grupo Artplan, responsável pelo Rock in Rio, se associou à Feira de Arte

do Rio de Janeiro (ArtRio).  Dentre os eventos que fazem  parte do portfólio da “Fábrica de Sonhos” estão o Rio Montreux Jazz Festival, a Árvore (de Natal) do Rio, a Maratona do Rio, o Carnaval de Rua do Rio e o Rally dos Sertões, o maior das Américas.

 

A edição 2019 da ArtRio foi realizada semana passada (de 19 a 22 de setembro), na Marina da Glória. Foi a nona edição do evento e a primeira que a criadora e presidente da feira, Brenda Valansi, realizou sem a participação dos então sócios Luiz Calainho, Alexandre Accioly e Elisangela Valadares, após ter adquirido, aos poucos, suas partes no negócio.

 

De acordo com informações dos organizadores da feira, a Dream Factory irá atuar nas áreas de patrocínios, projetos multiplataforma e produção da ArtRio. Brenda segue como presidente da feira, responsável pelo conteúdo, seleção de galerias e curadores, além de desenvolvimento de novos projetos e ações ligadas à arte. 

 

Presidente da Dream Factory e vice-presidente executivo do Grupo Artplan, Duda Magalhães explica que a política da empresa visa investir em projetos líderes em seus segmentos:

 

“A ArtRio veio complementar o portfólio da Dream Factory com sua plataforma de alto valor, disseminando arte ao longo de todo o ano em diferentes formatos e buscando atingir os mais diversos públicos. Nossa atuação terá foco em ampliar a atuação da ArtRio. Um ponto extremamente relevante é a multiplicidade de ações para disseminação da arte, que tem seu ápice nesta feira de visibilidade internacional", afirma o executivo, à direita na foto, ao lado de Brenda e Rodolfo Medina, presidente da Artplan.

 

 

Já faz parte do plano de negócios da feira a venda online de obras de arte, durante todo o ano, e não somente nos dias do evento. Não se sabe ao certo quanto o mercado de arte movimenta. Porém, há estimativas de que, somente nos dias da feira, as transações superem a marca dos R$ 100 milhões.

 

De acordo com o relatório "The Art Market 2019 – Art Basel and UBS", o mercado de arte online alcançou um novo recorde em 2018, com a movimentação de US$ 6 bilhões, um aumento de 11% em relação ao ano anterior. Isso representa 9% do valor das vendas globais.

 

Ao todo, 48 mil pessoas circularam pela Marina da Glória, ao longo dos cinco dias da última edição da feira. Em uma área total de cerca de 10 mil metros quadrados, o espaço principal do evento foi ocupado por 80 galerias. Uma delas chamou uma atenção especial: a paulista Almeida e Dale.

 

 

 

Seu nome apareceu na 65ª fase da Operação Lava-Jato, batizada como “Galeria”, que levou à prisão preventiva, no Rio de Janeiro, Márcio Lobão, filho do ex-senador e ex-ministro Edison Lobão. Ele é investigado por supostamente usar o mercado de arte para lavar dinheiro. Os desvios chegariam a R$ 50 milhões.

 

 

Prêmio FOCO ArtRio

 

Os vencedores da edição 2019 da premiação foram Rafael BQueer e Tiago Santana que participarão das  residências artísticas Capacete (RJ) e São Jerônimo (PA).

 

Graduado em Licenciatura e Bacharelado de Artes Visuais pela Universidade Federal do Pará, Rafael BQueer vive e trabalha no Rio de Janeiro. Como artista visual, se dedica a investigar sobre corpo, gênero e sexualidade, transitando por diversas linguagens, entre as quais performance, vídeo e fotografia. 

 

Tiago Sant'Ana é artista visual, curador e doutorando em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia. Seus trabalhos se voltam para as tensões e representações das identidades afro-brasileiras.

 

 

                       Para comentar, aqui

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br