Conheça os vencedores do Festival Cachaça do Rio

Seis dos 20 drinques que fizeram parte do cardápio da primeira edição do Festival Cachaças do Rio foram premiados no encerramento do evento, realizado na terça-feira (4) no CRAB - Centro SEBRAE de Referência do Artesanato Brasileiro, na Praça Tiradentes, no Centro do Rio. Os organizadores preferiram chamar a premiação de “destaque” e os vencedores foram anunciados em ordem alfabética.

 

O festival foi realizado de 1º a 25 de novembro. Participaram 20 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, e oito marcas de cachaças fluminenses. Os jurados avaliaram não apenas o drinque criado, mas sua combinação com o petisco ou prato sugerido como harmonização, também elaborado especialmente para o evento.

 

Os destaques foram:

 

 

 

BAZZAR - drinque Cerrado Tônica (cachaça da Quinta infusionada com capim limão, gengibre, chá verde e lima da pérsia, tônica, calda de mascavo) + Escabeche de Sardinha com pimentões coloridos.

 

 

 

 

 

 

CAFÉ DO BOM CACHAÇA DA BOA - drinque O Bom da Carioca (Cachaça Werneck ouro, cerveja pale ale; café expresso; licor cacau; Licorelle; clara de ovo pasteurizada) + Petisco (Fatias finas e pequenas de queijo emental com casca de laranja)

 

 

 

 

 

 

 

GALETO SAT’S - drinque Saideira (Cachaça Coqueiro Ouro, espumante, angostura, glicose, gelo e morango) + Madrugada (picanha suína, cebola, creme de cebola, limão, alho, tomilho, pimenta do reino e sal, assada na brasa)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SHAKE SPEAKEASY - drinque Tommy Gun (Cachaça Magnífica tradicional, Magnífica envelhecida, suco de limão siciliano e suco de limão tahiti, suco de laranja shrub de morango, refrigerante da casa de hibisco, gengibre, pimenta Jamaica) + The Boss (mini sanduíche gourmet de costela argentina, chimichurri uruguaio, queijo prato e muçarela, no pão de malte e gergelim negro – acompanha molho caipira)

 

 

 

 

 

 

 

STUZZI - drinque Maria bonita (Cachaça Tellura amburana com jequitibá rosa, monin jasmim, aperitivo italiano Cynar, Vermute seco, suco de limão Tahiti, meia folha pequena de boldo. Decorado com flor comestível) + Coxinha de polenta (coxinha de frango com catupiry, feita com polenta)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÚNIKO - drinque Biga Cocktail (Cocktail feito de sumo de limão tahiti, duo de vermutes  artesanais (bianco e de ameixa rosada), xarope de baunilha com zimbro e base consistente de Cachaça 7 Engenhos Envelhecida em barris de cerejeira. Servido em taça coupé, acompanha guarnição de pele de laranja Bahia) + Pallote Cacio e Uova (almôndegas de queijo pecorino, acompanhadas de geleia picante de tomate) 

 

 

 

 

 

 

 

“Ainda há um preconceito grande em relação à cachaça. O festival mostrou que essa bebida tão brasileira permite fazer ótimos drinques e harmonizações como qualquer outro destilado. O evento é uma abertura para novos voos da cachaça do Rio de Janeiro”, afirma o jornalista Chico Jr, curador do festival, e também responsável pelo prêmio Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio. 

 

Os produtores de cachaças fluminenses venderam US$2,01 milhões no exterior em 2017, número 23,9% maior do que o de 2016. As cifras correspondem a 1,1 milhão de litros de aguardente fabricados no estado e comercializados no exterior, equivalendo a 12,7% da exportação nacional, que foi de 8,9 milhões de litros no período. No ano passado, as cerca de 60 empresas fluminenses legalizadas no setor venderam para outros países, sobretudo Alemanha, Estados Unidos e França. Com isso, o Estado do Rio reconquistou a vice-liderança na exportação de cachaça, a bebida destilada mais consumida no Brasil.

 

Segundo Carlos Alberto Corrêa, presidente da Associação dos Produtores de Cachaça do Estado do Rio (Apacerj), a cachaça de alto padrão de qualidade oferece “ampla gama de aromas e sabores”, o que vem chamando fortemente a atenção de bartenders e mixologistas, “por suas qualidades sensoriais que permitem a elaboração de drinks e coquetéis excelentes”. 

 

Leia também: Cachaças premiadas do Rio de Janeiro ganham festival em restaurantes cariocas

 

                                                                   Para comentar, aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br