OverHop completa 1 ano e acumula êxitos dignos de uma cervejaria veterana

De cigana à sócia de cervejaria no seu primeiro ano de existência. Em resumo, essa é a trajetória da carioca OverHop. Para comemorar o aniversário, é claro que vai ter festa, aliás, festão e com direito a bolo para cantar parabéns! O evento será no próximo sábado, dia 9, às 20h, no hotel Vila Galé, na Lapa, no Centro do Rio.

 

Os 350 “convidados” (ou seja, que compraram ingresso) terão acesso ilimitado às torneiras onde estarão plugados sete rótulos da cervejaria além de três lançamentos criados especialmente para a data. E que podem ou não, entrar em linha.

 

Fazer cervejas bem lupuladas e “diferentes” para atrair um público mais jovem, um tanto nerd cervejeiro, foi o foco inicial que motivou a criação da OverHop. Acertaram no alvo. De cara, conquistaram prêmios e atraíram a atenção da Mistura Clássica (Angra dos Reis, RJ), no momento em que a cervejaria reestruturava seu modelo de negócio. Foi assim que a cigana virou “dona”.

 

“Foi um ano muito intenso. Parece que foi uma década. Crescer é bom. Crescer rápido faz com que você erre coisas bobas. Isso nos incomoda. O mais importante é saber contornar e aprender com os próprios erros.  Sobre a parceria comercial com a Mistura Clássica, foi o que nos permitiu alçar voos tão altos. Ter a estrutura de uma cervejaria nas mãos fez com que pudessémos criar coisas novas e levá-las para todo o Brasil”, afirma Rodrigo Baruffaldi, um dos fundadores da OverHop e, agora, sócio da Mistura Clássica.

 

Ele diz que a sociedade com a cervejaria não “trava em absolutamente nada” a OverHop quando o assunto é criação de receitas. Ou seja, a marca não “encaretou” ao crescer. “Eles não ditam o que temos que fazer. Apenas nos apoiam nas decisões que nós tomamos”, comenta Baruffaldi, responsável pelas receitas da cervejaria carioca.

 

Recém chegados ao mercado, a OverHop garantiu a medalha de ouro no Mondial de La Biere 2016 para dois dos seus rótulos: Hazy e Darkhop. O sucesso motivou o convite para a cervejaria participar do Mondial de La Biere no Canadá, este ano.

 

“Essa participação abriu um novo horizonte, sem dúvidas. Possibilitou que iniciássemos as produções no Canadá. Fechamos uma colaborativa com a Brasserie Harricana muito bacana e conhecemos cervejarias importantes para nos produzir lá”, conta Baruffaldi.

 

O primeiro rótulo da OverHop Canadá é a 8199, uma Oatmeal Stout de 6% de ABV, feita com um ingrediente típico de cada país, no caso, açaí pelo Brasil e framboesa pelo Canadá. A cerveja foi feita durante o Mondial canadense e já foi apresentada ao público de lá. Por aqui, será lançada no próximo Mondial de La Biere, no dia 11 de outubro. O número que batiza a bebida é a distância que separa as cervejarias OverHop e Brasserie Harricana. Nessa segunda participação da marca carioca no evento, que acontece no Rio, serão lançados ainda outros três rótulos.

 

Este ano, a OverHop ainda participa do IPA Day de RIbeirão Preto (SP) e Slow Brew de São Paulo. Segundo Baruffaldi, para 2018 “ainda não há nada em mente”.

 

Para a festa de aniversário os lançamentos são:

 

 Ugly Duckling, uma colaborativa com a cervejaria Suricato Ales, do Rio Grande do Sul, que surgiu graças a uma “saideira” durante o Festival de Blumenau de 2017. O resultado foi uma Catharina Sour com açaí, morango e muito Dry Hopping.

 

 

 

 ZYTHOS é a quarta cerveja da série de single hops do projeto experimental OverLab que submete lúpulos consagrados em uma mesma base de malte. Esta é feita de um blend de lúpulos para IPAs com aroma bem marcante de abacaxi, tangerina e grapefruit e que poderá ser encontrada no mercado após a festa.

 

 

 

StartUp é uma hoppy larger com aroma bem cítrico. O objetivo era fazer uma cerveja “que fosse a cara do Rio de Janeiro”, bem refrescante, mas, claro, totalmente lupulada.

 

 

 

 

 

“Em um ano, lançamos muitas cervejas, participamos de eventos importantíssimos, levamos nossa marca para o Canadá, fechamos uma parceria comercial com uma cervejaria, ganhamos prêmios e criamos laços fraternais com muitas cervejarias. Assim, nessa festa, além de comemorar, e muito, queremos estar entre amigos. E eles estarão lá conosco. Em 1 ano de mercado, a OverHop fez amigos diferenciados e somos muito gratos a eles”, comenta Baruffaldi.  

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Movimentação suspeita nas votações faz Pão de Açúcar mudar regra da 4ª edição do Festival de Microcervejarias

15/10/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br