• Sônia Apolinário

Roda de samba intimista comandada por Criolo vira atração gratuita e online

No palco do teatro Unimed, o MC, cantor e compositor Criolo comandou uma roda de samba em clima cool. Sob direção de Monique Gardenberg, a apresentação foi gravada e dividida em três episódios. “Criolo Samba em 3 Tempos” poderá ser visto, gratuitamente, no site do teatro, durante três sextas-feiras, sempre às 21h. O primeiro episódio será exibido no dia 30 de julho.


Ao lado dos músicos Ricardo Rabelo (cavaco), Gian Correa (violão de 7 cordas), Ed Trombone (trombone) e Maurício Badé (percussão), Criolo interpreta alguns dos mais importantes clássicos do samba, vários deles, pela primeira vez.


Em “Tempo 1”, rola um clima de sofrência, com músicas como Carinhoso (Pixinguinha / Braguinha), A Flor e o Espinho (Nelson Cavaquinho / Alcides Caminha / Guilherme de Brito) e Luz Negra (Nelson Cavaquinho / Amancio Cardoso). O “Tempo 2” (disponível em 6 de agosto) reúne músicas que tratam de questões racial e social como Canto das Três Raças (Mauro Duarte / Paulo César Pinheiro), Barracão de Zinco (Luiz Antonio / Oldemar Magalhães) e Agoniza Mas Não Morre (Nelson Sargento). “Tempo 3” (13 de agosto) é uma celebração, à vida, ao amor e ao próprio samba, com clássicos como Corra e Olhe o Céu (Cartola / Dalmo Castello), Palpite Infeliz (Noel Rosa) e Desde Que o Samba é Samba (Caetano Veloso). Neste último episódio da atração, Criolo também interpreta as composições próprias Linha de Frente e Calçada.


“Criolo Samba em 3 Tempos” dá continuidade à programação 2021 do Teatro Unimed, como parte do projeto “Teatro Unimed Em Casa”. A estreia foi em 2020 com Luis Miranda, em "Madame Sheila", e abriu 2021 com o espetáculo "Dez por Dez", obra de Neil LaBute adaptada pelos Irmãos Leme.


Cada espetáculo apoiou uma instituição que ampara profissionais do segmento de cultura. “Criolo Samba em 3 Tempos” vai chamar a atenção do público para o Backstage Invisível, movimento que arrecada e distribui cestas básicas para profissionais das artes que trabalham atrás das cortinas. São técnicos, carregadores, montadores, seguranças, equipes de limpeza, assistentes, produtores, motoristas e vários outros profissionais, cujas famílias têm enfrentado uma situação de insegurança alimentar, em um período em que muitos palcos ainda estão vazios. Em 2020, junto com Milton Nascimento, Criolo lançou um fundo para auxiliar a população em situação de vulnerabilidade social.



A apresentação na íntegra poderá ser vista no site do Teatro Unimed até o próximo dia 22 de agosto.


Destaques
Últimas