• Sônia Apolinário

Edição 2022 do Salão Carioca do Livro ocupará galpões do Pier Mauá

Mais longa e em uma área maior, a edição 2022 do Salão Carioca do Livro (LER) será realizada de 9 a 15 de maio no Pier Mauá, na Zona Portuária. A expectativa da organização é atrair cerca de 200 mil pessoas, a maior parte delas estudantes e professores.



A 4ª edição do evento quer chamar a atenção dos jovens para a cena literária de forma abrangente com uma programação multicultural. Este ano, a LER terá 30 espaços com atividades contínuas; mais de 500 escritores, autores e artistas; dezenas de editoras e livrarias com milhares de livros; peças, oficinas, atrações e intervenções literárias.


Dentre os autores previstos para participar do evento estão Valter Hugo Mãe, Eduardo Bueno, José Eduardo Agualusa, Thalita Rebouças, Luciana Savaget, Thiago Lacerda, Lenine, Vagner Fernandes, Tatiana Salem Levy, MV Bill, Xico Sá, Isabela Freitas, Elayne Baeta, Camila Pitanga, Vinicius Terra e Chris Fuscaldo.


O Café do Livro SESC será o espaço onde acontecerão conversas com autores. O Palco da Palavra terá como foco o público adolescente. Já o Vox & Vez vai misturar literatura, música e audiovisual, enquanto o Jardim Literário se ocupará do público infantil e o Ler em Movimento colocará em cena temas relacionado com diversidade cultural.


ComuniC indica


Dentro da programação do salão, uma dica é a palestra "O que você precisa saber para ser publicado", que será realizada no dia 10, às 17h. Será ministrada pelo jornalista e editor Sérgio França.


Especialista em Produção do Livro (PUC- RJ), Mestre em História e Política (FGV), ele também é Doutorando em História e Política (FGV). Na palestra, França dará dicas sobre os meandros do mercado editorial para ajudar novos autores a tirarem seus livros da gaveta.


Para quem quiser se aprofundar no tema, França dará um curso no segundo semestre.


História da LER

A primeira edição aconteceu em novembro de 2016 e recebeu 84 mil pessoas. A segunda, em 2018, reabriu a Biblioteca Parque Estadual fechada desde 2016. Já a terceira edição aconteceu em novembro de 2019 e recebeu mais de 51 mil estudantes das redes pública e particular, 1.100 escritores, autores, ilustradores e artistas convidados, 750 atividades em 30 palcos e espaços e 125 pequenas editoras, editoras artesanais e livrarias. Ao todo, foram mais de 185 mil pessoas circulando no evento.


Com informações do Publishnews


Destaques
Últimas