• Sônia Apolinário

Biomédica baiana Jaqueline Góes vira 'Barbie'

A Mattel, gigante estadunidense dos brinquedos, vai homenagear mulheres que se destacaram na luta contra o Coronavírus, com o lançamento de seis “Barbies”, ao longo do mês de agosto. Uma das bonecas representará uma brasileira: a biomédica Jaqueline Góes.



Baiana, Jaqueline coordenou a equipe responsável pelo sequenciamento do genoma do vírus SARS-CoV-2, na América Latina, apenas 48 horas após a confirmação do primeiro caso de COVID-19 no Brasil. Também fez parte da equipe liderada por pesquisadores ingleses que sequenciou o genoma do vírus Zika.


As outras cientistas homenageadas são:

* Sarah Gilbert (Reino Unido) - Professora vacinologia na Universidade de Oxford e cocriadora da vacina AstraZeneca.

* Amy O'Sullivan (Estados Unidos) - Enfermeira veterana do hospital Wyckoff, no Brooklyn. Ela tratou o primeiro paciente com covid-19 na cidade de Nova York e foi eleita uma das 100 pessoas mais influentes de 2020 pela revista TIME.

* Audrey Cruz (Estados Unidos) - Médica que atuou na linha de frente no combate à pandemia em Las Vegas.

* Chika Stacy Oriuwa (Canadá) - Psiquiatria canadense residente na Universidade de Toronto que lutou contra o racismo sistêmico na área da saúde durante a pandemia.

* Kirby White (Austrália) - Médica australiana que desenvolveu uma bata cirúrgica para trabalhadores da linha de frente.


No Instagram, a dra. Jaqueline Góes comentou sobre ter "virado" Barbie. Veja aqui

Destaques
Últimas