top of page
  • Sônia Apolinário

Vencedores do festival É Tudo Verdade poderão ser vistos online até 13 de abril

Entre os dias 11 e 13 de abril, após o término da 27a edição do É Tudo Verdade, acontece a mostra Última Chance, que exibirá os longas e curtas ganhadores das mostras competitivas do Festival, além de outras dez produções internacionais que fizeram parte da seleção. As sessões são gratuitas e acontecem na plataforma É Tudo Verdade Play.

O longa polonês “O Filme da Sacada” (imagem à esquerda), de Pawel Lozinski, ganhador da Competição Internacional de Longas e Média-Metragens, terá sessão no dia 11/04, às 21h. No documentário, o diretor entrevista, da sacada do seu apartamento, em Varsóvia, pessoas que passam ali em frente. A partir desse dispositivo, traz histórias singulares e tratam dos modos como lidamos com a vida na condição de indivíduos.


Veja o trailer aqui



O vencedor da Competição Brasileira, "Quando falta o Ar", de Anna Petta e Helena Petta, será exibido dia 12, também às 21h. O filme tem ao centro a pandemia, destacando o trabalho de enfrentamento de médicas, enfermeiras e agentes de saúde, trazendo uma face da luta coletiva contra a Covid-19.


Veja o trailer, aqui

Os curtas ganhadores, o nacional "Cantos de Um Livro Sagrado", de Cesar Gananian e Cassiana der Haroutiounian, e o americano "Como Se Mede Um Ano?", de Jay Rosenblatt, ficam disponíveis na plataforma a partir das 12h, de 11/04, até as 23h59, de 13/04, respeitando o limite de visionamentos. Além deles, os curtas que ganharam menção honrosa também poderão ser vistos: "Cadê Heleny?", de Esther Vital, e "Ali E Sua Ovelha Milagrosa", de Maythem Ridha.

Além dos premiados, outros 12 longas fazem parte da mostra Última Chance e ficam disponíveis de 11/4, às 12h00, até 13/4 às 23h59 respeitando os limites de visionamentos.


Os filmes são:

A História da Guerra Civil, de Dziga Vertov e Nikolai Izvolov;

A Apropriação, de Alexandre O. Philippe;

A História do Olhar, de Mark Cousins;

Diários de Mianmar, do Coletivo Cinematográfico de Mianmar;

Montand É Nosso, de Yves Jeuland;

JFK Revisitado: Através do Espelho, de Oliver Stone;

Ultravioleta e as Gangues das Cuspidoras de Sangue, de Robin Hunzinger;

Navalny, de Daniel Roher;

Tantura, de Alon Schwarz;

Belchior - Apenas um Coração Selvagem, de Camilo Cavalcanti e Natália Dias;

Sinfonia De Um Homem Comum, de José Joffily; e

O Processo – Praga 1952, de Ruth Zylberman.


A 28ª edição do festival acontecerá entre 13 e 23 de abril de 2023.

Para ver todos os filmes da mostra Última Chance, clique aqui


Todos os detalhes sobre a edição 2022 do festival, confira aqui


Комментарии


Destaques
Últimas
bottom of page