top of page
  • Sônia Apolinário

Programa vai oferecer preparação física para ajudar na performance de sambistas na avenida

Integrantes de escolas de samba que desfilam no Sambódromo contam, agora, com um programa gratuito de preparação física. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Esportes do Rio de Janeiro.


O projeto Samba Pass começou na última quinta-feira (03), na Vila Olímpica da Gamboa. Nesta primeira fase, as cem vagas foram destinadas a mestre-sala, porta-bandeira e integrantes da comissão de frente. Os sambistas terão à disposição pilates, treinamento funcional, hidroginástica, dança e exercício específico por segmento.


A ideia é que outras vilas olímpicas da cidade também passem a oferecer o treinamento. O projeto é coordenado pelos professores de Educação Física e profissionais do samba Matheus Olivério, que é mestre-sala da Estação Primeira de Mangueira, e Julio Cesar Nascimento, conhecido como Julinho Nascimento, mestre-sala da Unidos do Viradouro (foto).


“A gente sabe a dificuldade que o samba atravessa e é muito bom ter essa oportunidade de treinamento. Já estamos com mais de 50% das vagas preenchidas. O Samba Pass vai ser um sucesso e estaremos juntos nos preparando para o Carnaval 2023”, afirmou Julinho Nascimento.

Para se inscrever é preciso preencher um formulário


Destaques
Últimas
bottom of page