• Sônia Apolinário

No Rio, público também poderá 'entrar' nas obras de Van Gogh

A partir do dia 6 de abril, o público poderá “adentrar” nas telas de Vincent Van Gogh, com a abertura da mostra multimídia “Van Gogh e seus Contemporâneos - Exposição Imersiva”, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio de Janeiro.


O mergulho sensorial na obra e na vida do pintor holandês, um dos principais nomes da arte do século 19, conduzirá o visitante em uma experiência digital com projeções em 360° e trilha sonora original.


Com uma narrativa de 60 minutos, o conteúdo envolve o público a partir da trajetória humana e artística do pintor, além de promover um passeio pelas criações de outros grandes nomes que se relacionam com sua obra, como Cézanne, Gauguin, Toulouse-Lautrec, Soutine e Modigliani.


Na entrada da exposição, o público acessa um espaço onde estará reproduzido o quarto de Van Gogh, retratado em um de seus mais famosos quadros, “Quarto em Arles”. Os visitantes terão a oportunidade de aprofundar-se na história do artista em textos explicativos e uma linha do tempo da vida de Van Gogh. Dentro dos ambientes, o público irá imergir em imagens de grandes dimensões, formadas por múltiplos projetores através de um sistema que adapta as telas ao espaço expositivo e garante a sensação de estar dentro das obras do pintor.


“Criamos uma experiência para todos os tipos de público e, mais do que isso, queremos oferecer a oportunidade de um novo olhar sobre a arte, seja para os que estão ou não habituados a frequentar espaços culturais. A exposição emociona e transporta o público para um universo único, de criações artísticas famosas no mundo inteiro. Nossa proposta traz uma linguagem disruptiva, que recria o conceito artístico expositivo e potencializa a percepção das pessoas”, destaca Luiza Mello, diretora geral da Automatica, empresa desenvolvedora do projeto.


A mostra foi desenvolvida a partir da tecnologia digital Matrix X Dimension, com criação original da Crossmedia Group, empresa italiana especializada em exposições multimídia imersivas, entre elas, “Da Vinci Experience", que esteve em São Paulo em 2020. A exposição sobre Van Gogh chega ao Rio de Janeiro vinda de Florença, na Itália.


“A pintura está na minha pele” - foi assim que Vincent Van Gogh (1853-1890) traduziu a sua trajetória, com mais de 2 mil quadros. O interesse pela arte teve início ainda na infância e, em sua trajetória, pintou mais de 40 autorretratos em que explora a sua aparência física e seu olhar expressivo. Entre as curiosidades do artista está o fato de pintar ao ar livre, hábito que conservou até morrer. Sua técnica de pinceladas firmes e carregadas, aplicadas sem hesitação, permitiu-lhe pintar rapidamente e produzir um vasto número de obras nos últimos dois anos e meio de sua vida. Em 1973, foi criado o Museu Van Gogh em Amsterdã, na Holanda, para abrigar suas criações.


A “Van Gogh e seus Contemporâneos - Exposição Imersiva” está sendo montada no Brasil pelas produtoras Automatica e Pink Pineapple, com planejamento e apoio comercial das empresas iDue Entretenimento e CulturArtEntretenimento e patrocínio master da Enel Distribuição Rio, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.


“Este patrocínio é um exemplo do compromisso da Enel com o incentivo à cultura, dando a possibilidade de o público conhecer e explorar algumas artes de Van Gogh por meio de uma exposição multimídia completamente lúdica", ressalta Janaina Vilella, diretora de Comunicação da Enel Brasil.



Em São Paulo


Desde o último dia 17 de março, está em cartaz em São Paulo a mostra imersiva "Beyond Van Gogh”. A exposição, também com cobrança de ingressos, poderá ser visitada até 3 de julho, no estacionamento do Shopping Morumbi. Não há relação entre a exposição paulista e a carioca.


Serviço

Van Gogh e seus Contemporâneos - Exposição Imersiva

Local: Casa França-Brasil - Rua Visconde de Itaboraí 78, Centro, Rio de Janeiro

Data: 6 de abril a 5 de junho de 2022

Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h

Ingressos: Terças e quartas: entrada gratuita. Quinta a domingo, R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e gratuidades previstas em lei

Para comprar ingressos, clique aqui


Leia mais: 'Monet à Beira D’Água' leva o público a viajar pelas obras do artista ícone do impressionismo

Destaques
Últimas