• Sônia Apolinário

Novo cronograma do Mercado Municipal de Niterói prevê inauguração em outubro

Novas datas para o funcionamento do Mercado Municipal de Niterói. A previsão para a inauguração passou para outubro, quase um ano após o inicialmente previsto.


Após vistoriar as obras, no dia 5 de fevereiro, o prefeito Axel Grael informou sobre o novo cronograma para o funcionamento do local: em março, conclusão das obras do entorno do Mercado; julho, entrega da obra do prédio para os lojistas instalarem seus espaços; outubro, inauguração.


A restauração do mezanino interno do prédio principal em art decó já foi concluída. No momento, está sendo feito o boulevard, que é todo em estrutura metálica, e vai abrigar o Beer Garden - espaço voltado para as cervejarias artesanais do município, além do jardim das flores. Em seguida, será feita a pavimentação da área do estacionamento. Na área externa, já foram concluídos a drenagem, a rede de infraestrutura de iluminação e telefonia subterrânea, e os meios fios. A próxima etapa será o acabamento das calçadas, a pavimentação do entorno e da entrada que dá acesso ao Mercado Municipal.

A Prefeitura de Niterói e o Consórcio Novo Mercado Municipal firmaram uma Parceria Público Privada (PPP) para a reforma e gestão do espaço por 25 anos. O investimento do consórcio será de R$ 69 milhões, em três anos, sendo R$ 30 milhões na reforma do atual prédio.


O mercado terá 180 lojas que já estão em fase de habilitação para os empresários e produtores que quiserem se candidatar a ter um ponto de comércio no local. A intenção é trazer para o Novo Mercado Municipal pequenos produtores de Niterói e do interior do estado do Rio, que hoje só têm a Cadeg como opção para levar seus produtos. O térreo do Mercado Municipal será um espaço para comercialização de frutas – incluindo espécies raras e de cultivo orgânico e oriundas da economia familiar -, verduras, legumes, produtos tradicionais da região, açougue, empórios especiais, produtos gourmet, queijos, laticínios e especiarias. No mezanino ficarão restaurantes, cervejarias artesanais e uma adega. Serão construídas uma nova praça, boulevard e estacionamento com 300 vagas. Todo o local contará com medidas de sustentabilidade, como o uso da luz natural, reaproveitamento de água de chuva e telhado verde. O edifício da Avenida Feliciano Sodré, que abrigou, de 1930 a 1976, o Mercado Municipal da cidade e depois passou a ser o Depósito Público Estadual, está recebendo um trabalho meticuloso e feito com cuidado para manter todas as características da arquitetura neoclássica do lugar. O imóvel faz parte de um conjunto arquitetônico da região portuária de Niterói. Com uma área de cerca de 9.700 metros quadrados, o local estava desativado há mais de 30 anos.

Foto: divulgação - Douglas Macedo

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Niterói

Destaques
Últimas