Niterói vai liberar praias, boates e eventos a partir de outubro

Praias liberadas, eventos em ambientes abertos, funcionamento de boates e casas de festas. Tudo isso passará a valer a partir de outubro, em Niterói. As novas regras para a cidade fazem parte do Programa Novo Normal divulgado, hoje (14 de setembro), pela prefeitura que vai implantar o passaporte vacinal.



Dividido em três fases, a última entra em vigor em janeiro de 2022. Nessa época, será permitida a realização de grandes eventos com até 100% da capacidade de público. O Programa não faz menção à festa de Réveillon.


A partir de outubro, na fase 1 do Programa, o comprovante de vacinação poderá ser exigido em locais públicos e privados da cidade e em pontos turísticos, cinemas, teatros, salas culturais e museus com entrada controlada. O acesso a programas sociais da Prefeitura também está condicionado à apresentação do comprovante de vacinação. A Prefeitura já prevê reabrir as praias, com uso facultativo de máscara na areia, e permitir eventos em locais abertos para pessoas vacinadas. Até hoje, a permanência nas praias de Niterói é proibida. Há horários específicos para a prática de atividades esportivas.


Em novembro começa a fase 2 do programa, quando a prefeitura estima que a oferta de cobertura vacinal completa terá atingido 100% da população acima de 18 anos de Niterói. Neste momento, serão suspensos o horário limite para fechamento de bares, restaurantes e afins; o uso de máscara para atividade física ao ar livre e será permitido o funcionamento de casas noturnas, casas de festas, pubs e boates, com até 80% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo.


Nessa fase será permitida a realização de grandes eventos com até 80% da capacidade de público, mediante comprovação do esquema vacinal completo.


“Niterói concluiu o processo de vacinação da primeira dose para pessoas a partir de 12 anos e começou a dose de reforço em idosos. Estamos avançando para chegar ao fim deste ano com a população vacinada e protegida. Nossa ênfase, agora, é continuar lutando e protegendo vidas, mas também focados na retomada da economia, do cotidiano das pessoas. O Plano Novo Normal Niterói traz novidades que vão orientar os trabalhos nesse momento, agora em que temos o cenário caminhando para um processo de normalização. Se for preciso e se percebermos um momento de risco para a população, podemos tomar medidas mais restritivas, mas esse novo plano vai orientar os nossos trabalhos daqui pra frente”, afirmou o prefeito Axel Grael durante o lançamento do Programa. De acordo com a prefeitura, até o último dia 13 de setembro, Niterói aplicou a primeira dose em 83,5% da população total. Já a imunização contra a Covid-19 (duas doses ou dose única) atingiu 52,8% da população. Segundo dados do consórcio nacional de imprensa, até o momento, o país completou a imunização em 34,83% dos brasileiros. A partir de outubro, fase 1, o comprovante de vacinação deverá ser apresentado para acesso a locais públicos e privados, como museus, bibliotecas públicas, cinemas, teatros, salas culturais e exposições de artes em ambiente fechados, parques de diversão, circos e pontos turísticos que possuam controle de entrada, tais como, cobrança de tickets de acesso ou cadastro. O comprovante de vacinação também será exigido para acesso a eventos coletivos realizados em espaços fechados ou abertos, incluindo, shows, conferências, convenções e feiras comerciais; casas de festas, pubs e boates; e em atividades vinculadas a projetos sociais desenvolvidos pela prefeitura de Niterói. A comprovação vacinal poderá ser feita por meio do aplicativo ConecteSUS ou comprovante/caderneta/cartão de vacinação impresso em papel timbrado, emitido no momento da vacinação pela Secretária Municipal de Saúde de Niterói, Institutos de pesquisa clínica ou outras instituições governamentais nacionais ou estrangeiras. A Prefeitura recomenda que o comprovante de vacinação seja exigido em academias de ginástica, centros de treinamento, estádios e atividades esportivas públicas, piscinas, clubes sociais e parques rurais. O comprovante poderá ser exigido também em estabelecimentos comerciais e econômicos, em estabelecimentos de saúde públicos e privados, e de moradores nas áreas de lazer e atividades comuns de condomínios.


Até o início da primeira fase, o uso de máscara permanece obrigatório em vias públicas e áreas comuns de convivência.


Saiba o que cada fase libera


Outubro, fase 1 - Será implementada ao longo do mês de outubro, quando a cobertura vacinal completa atingir 70% da população acima de 12 anos de Niterói.

- Abertura das praias sem restrição de horário; - Suspensão do uso de máscara exclusivamente na areia da praia, mantendo o distanciamento mínimo de 1 metro; - Distanciamento de 1 metro em restaurantes/bares; - Extensão do horário dos restaurantes/bares para funcionamento até as duas horas da manhã; - Permitida a realização de eventos em ambientes abertos, com funcionamento com até 70% da capacidade de público, mediante a comprovação de esquema vacinal completo; - Permitido funcionamento das casas de festas com até 70% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo; - Permitido o funcionamento de casas noturnas, pubs e boates, com até 50% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo; - Mantidas as orientações de medidas de proteção à vida, tais como, higienização das mãos, ventilação de ambientes, uso de máscara. Novembro, fase 2 – Começa quando a oferta de cobertura vacinal completa atingir 100% da população acima de 18 anos de Niterói.

- Suspensão do horário limite para fechamento de bares, restaurantes e afins; - Suspensão do uso de máscara para atividade física ao ar livre, mantendo o distanciamento de 1 metro; - Permitido o funcionamento de casas noturnas, pubs e boates, com até 80% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo; - Permitido o funcionamento das casas de festas com até 80% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo; - Permitida a realização de grandes eventos com até 80% da capacidade de público, mediante comprovação do esquema vacinal completo; - Mantidas as orientações de medidas de proteção à vida, tais como, higienização das mãos e ventilação de ambientes, uso de máscara. Janeiro de 2022, fase 3 – Está prevista para iniciar quando a oferta de vacinação completa atingir 100% das pessoas acima de 12 anos na cidade, 100% da dose de reforço entre idosos, pessoas imunocomprometidas e profissionais de saúde e oferta de vacinação completa para 100% da população da Região Metropolitana II.

- Suspensão do uso de máscara em locais abertos, exceto para pessoas pertencentes a grupos de risco para COVID-19 (imunossuprimidos, gestantes e idosos); - Permitido o funcionamento de casas noturnas, pubs e boates, com até 100% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo; - Permitida a realização de grandes eventos com até 100% da capacidade de público, mediante comprovação do esquema vacinal completo; - Mantidas as orientações de medidas de proteção à vida, tais como, higienização das mãos e ventilação de ambientes.




Destaques
Últimas