• Sônia Apolinário

Aproveitamento integral de alimentos evita desperdícios em tempos de quarentena

No Brasil, são desperdiçados, por ano, cerca de 26 milhões de toneladas de comida, que poderiam alimentar 19 milhões de pessoas. Metade do desperdício se dá no transporte, entre o produtor e o consumidor, porque frutas e legumes amassam ou murcham.

Se o desperdício de alimento é algo a ser evitado, passa a ser ainda mais urgente em tempos de quarentena. Para contribuir com isso, Comunic pediu ajuda à chef Neide Marco. Nas suas mãos, nenhuma casca, talo ou semente vai para o lixo. Por exemplo, ela transforma casca de banana em bife e faz brigadeiro de semente de abóbora.

Especializada em culinária vegana e funcional, ela começou a trabalhar com aproveitamento integral dos alimentos, há 12 anos. Segundo a chef, é possível utilizar todas as cascas – exceto a do inhame por conta dos “cabelos”.

Aproveitar o que se tem na geladeira é a grande mágica a ser feita. Um restinho de repolho roxo pode virar suco com a ajuda de um maracujá. Você joga a casca do chuchu fora? Pois é ali que está o principal nutriente da hortaliça que a chef jura que se transforma em um suco delicioso se acrescentar um limão.

De uma abóbora, a chef usa a casca para fazer cocada, farinha ou recheio de bolo; com o miolo, suco ou doce; com a semente, pé de moleque, paçoca ou brigadeiro.

Aqui, ela ensina como fazer uma refeição completa:

Entrada - croquete de vegetais

Prato principal - arroz com legumes e bife de cascas de banana ao molho da cascas de mamão

Sobremesa - brigadeiro de semente de abóbora

Croquete de vegetais

150 g de cascas de chuchu, 150 g de cascas de cenoura, 150 g de casca de berinjela, 100 g de talos de agrião e salsa, 1 dente de alho, 1/2 cebola, 40 ml de óleo, 80 g de farinha de trigo, 100 ml de leite, 100 ml de água, 200 g de arroz cozido, farinha de rosca para empanar, óleo pra fritar

Modo de fazer

Higienizar as cascas e talos, picar e reservar. Refogar cebola e alho no óleo. Acrescentar as cascas e talos e deixar cozinhar bem. À parte, misturar a farinha no leite e na água e junte ao refogado. Cozinhe mexendo sem parar até soltar do fundo da panela. Desligar o fogo. Misture o arroz cozido, modele as bolinhas e passe na farinha de rosca. Fritar em óleo quente.

Arroz com legumes

40 g de cebola picada, 1 dente de alho, 80 ml de óleo, 1 kg de arroz, 200 g de abobrinha verde, 200 g de cascas de melancia ralada, 150 g de cenoura ralada 50 g de pimentão vermelho picado, sal a gosto

Modo de fazer Refogar cebola e alho no óleo. Acrescentar o arroz e os demais ingredientes - colocar a água suficiente para cobrir o arroz. Cozinhe em fogo baixo até secar a água.

Bife de cascas de banana

1 kg de cascas de bananas, 2 dentes de alho, Pimenta e sal a gosto.

Modo de fazer Temperar as cascas. Passar no ovo batido,farinha de rosca e fritar em óleo quente

Molho da cascas de mamão

Polpa de 1/2 mamão sem caroço, 2 tomates picados, 1 cebola picada, 2 dentes de alho, 100 ml de óleo, sal a gosto

Modo de fazer Bater no liquidificador a polpa do mamão e reservar. Preparar um refogado com cebola , alho e o tomate. Acrescentar o suco do mamão e deixar apurar bem. Temperar com sal e pimenta a gosto

Brigadeiro de semente de abóbora

1 lata de leite condensado, 200 g de semente de abóbora sem as casca 10 g de margarina Modo de fazer

Torrar levemente as sementes, bater no liquidificador até ficar uma farofa e levar ao fogo com os demais ingredientes até soltar do fundo da panela. Modelar e passar no cacau ou banhar na cobertura de chocolate

Originalmente publicado em Ação de responsabilidade social de grife transforma roupa em pratos de comida

Para comentar, aqui

Destaques
Últimas