Paranaense Manu Buffara eleita Chef do Ano

A paranaense Manu Buffara foi eleita Chef do Ano pela revista Prazeres da Mesa. A premiação foi realizada ontem (segunda-feira, 10), em São Paulo. Ela comanda o restaurante que leva seu nome, em Curitiba (PR), e está prestes a inaugurar uma segunda casa, em Nova York (EUA). Já o melhor Restaurante do Ano fica no Rio de Janeiro, mais precisamente, no bairro de Botafogo. O Oteque é comandado pelo chef Alberto Landgraf, também paranaense.

 

 

Nascida em Maringá, Manu Buffara abriu o Manu em 2011. Antes, viajou o mundo e trabalhou com cozinheiros renomados como o dinamarquês René Redzepi (Noma) e Grant Achatz (Alinea, nos Estados Unidos). Na premiação, o Manu também foi eleito o melhor restaurante do sul do país. A segunda casa, que está prestes a inaugurar, Ella Brasileira, é fruto de uma parceria entre a chef e os empresários Michael Satsky e Brian Gefter, donos de diversas casas noturnas em Nova York.

 

“Manu Buffara está voando. Se há cerca de dois anos, a chef precisou parar tudo para pensar se seguiria na carreira gastronômica, hoje ela está cheia de projetos e é uma das chefs mais requisitadas do momento. Ano passado, ganhou o prêmio  ‘One to Watch’, do 50 Best América Latina, dado aos restaurantes promissores da temporada. Este ano, se prepara para abrir o Ella Brasileira, sua nova casa em Nova York, de cozinha autoral, com muita técnica. Para Manu, cozinhar é uma expressão de amor e o comensal sente isso em cada detalhe de seus preparos”, escreveram os organizadores do prêmio sobre a chef.

 

Para melhor restaurante do ano, foi escolhido o Oteque, do Rio de Janeiro. Inaugurado há 

 

um ano pelo chef paranaense Alberto Landgraf, em Botafogo, ganhou fama fulminante. Antes, ele comandou o extinto Épice, em São Paulo, que chegou a ganhar uma estrela Michelin.

 

Nascido em Cornélio Procópio, Alberto Landgraf tem sua origem no campo. Com 20 anos foi para Londres onde, além de estudar inglês, acabou na cozinha. Se formou em Gastronomia pela Westminster Kingsway College e trabalhou com os chefs Tom Aikens e Gordon Ramsay.

 

“Desde os tempos em que mantinha seu restaurante em São Paulo, Alberto Landgraf já era nome recorrente nas rodas sobre alta gastronomia. Por isso, não é surpresa que, com apenas um ano de vida do Oteque, o nome do chef tenha voltado aos trending topics. A casa localizada no Rio de Janeiro propõe um clima elegante e casual, enquanto na cozinha, a inspiração vem da pureza da natureza. O menu degustação muda diariamente e destaca os pescados”, comentaram os organizadores do prêmio sobre o Restaurante do Ano.

 

 

A premiação Melhores do Ano acontece em duas fases. Na primeira delas, especialistas do setor (foram 176 pessoas, nesta edição) indicaram seus favoritos em cada uma das categorias. Depois, a equipe da revista apura os resultados. Os mais votados se tornam finalistas e vão para votação popular.

 

Conheça os vencedores 2019

 

Para comentar, aqui

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Paisagens do interior e cervejarias que levantam bandeiras políticas são atrações do Talk Chopp com a Lupulinário em julho

05/07/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br