• Sônia Apolinário

Leuven lançará terceira captação pública via crowdfunding


Pela terceira vez, a cervejaria Leuven lançará no mercado uma rodada de captação pública de verba via ECF (equity crowdfunding). A ação acontece menos de um mês depois da marca ter promovido uma rodada de captação privada, entre os seus atuais 300 sócios.

Em maio, o objetivo foi arrecadar R$ 3 milhões. Em 12 horas, o crowdfunding já tinha reunido R$ 4,5 milhões. A captação foi finalizada 15 dias depois de iniciada, com 154% da meta alcançada. Somada à nova rodada pública a ser feita, a cervejaria espera obter, no total, um aporte entre R$ 7 milhões e R$ 10 milhões. A ação é feita por intermédio da plataforma Kria (www.kria.vc). O investimento mínimo, por pessoa, dessa vez, será de R$ 5 mil e o máximo de R$ 300 mil.

Mais uma vez, os recursos serão destinados ao processo de expansão da cervejaria, localizada em Piracicaba (SP).

Em 2017, a Leuven realizou, pela primeira vez, uma ação de ECF e captou R$ 1,670 milhão. Desde então, a cervejaria passou a ter 109 sócios, de vários estados do país e também do exterior. Em setembro do ano passado, um segundo crowdfunding captou mais R$ 1,5 milhão e aumentou o número de sócios para os atuais 300.

Em seu segmento, a Leuven é pioneira, no Brasil, em obter aporte de capital dessa forma. O equity crowdfunding é um mecanismo de captação regulado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), voltado para startups e empresas de pequeno e médio porte que ainda não têm condições de negociar ações na Bolsa de Valores. A cervejaria brasileira se inspirou na escocesa BrewDog, que já realizou vários crowdfundings. No último, ano passado, captou cerca de US$ 33 milhões (£26.2 m) e ampliou para 50 mil o número de sócios.

CEO da Leuven, Gustavo Barreira informa que, no primeiro semestre deste ano, a cervejaria caminha para registrar um crescimento de 60%, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo ele, nos últimos quatro anos, a Leuven tem crescido, em média, 90%, ao ano.

No último dia 5 de maio, a cervejaria inaugurou sua nova fábrica, no histórico bairro de Monte Alegre, em uma área de 800 metros quadrados. O local era uma usina de açúcar que se encontrava em ruínas. Criada em 2010, a Leuven funcionava em um galpão de 250 metros quadrados no centro da cidade.

Para comentar, aqui

Destaques
Últimas

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolinário