Um domingo como nos tempos medievais

Torneio medieval com várias modalidades de lutas, seminário sobre facas de combate, jogos de RPG e de tabuleiro e vários tipos de exibição de danças como a cigana e do ventre. Essas são algumas das atrações da II Feira Medieval Carioca que acontece no domingo, dia 9, a partir das 11h, no parque da Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro.

 

Como de costume atualmente, os organizadores criaram um “evento” no Facebook para divulgar a programação. Até o instante em que este texto é redigido, 20.350 pessoas já tinham confirmado presença e outras 54.218 se declararam “interessadas”. Os números surpreenderam os próprios organizadores. Afinal, a primeira edição da Feira Medieval Carioca, há três meses, reuniu cerca de 500 pessoas, também na Quinta da Boa Vista.

 

“Achamos o público do primeiro evento já fantástico. Nossa ideia era fazer algo gratuito para a galera se divertir. Com certeza, essas pessoas que participaram do primeiro são as responsáveis pela grande repercussão que o segundo está tendo. A expectativa está muito, muito, muito, acima do que imaginávamos. Não tínhamos a pretensão de fazer algo com todo esse alcance. É mesmo muita gente”, afirma Diego Claudino, um dos organizadores.

 

Efeito Game of Thrones? Ele acredita que o seriado da emissora HBO que virou febre mundial ajudou, sim, a divulgar e popularizar a cultura medieval. Porém, na sua opinião, o próprio seriado já é fruto de uma paixão anterior pelo tema, que mantém legiões de fãs de jogos de RPG e lutas medievais em ação. No mundo todo. Dentre os jogos, “Dungeons & Dragons” é o RPG referência quando se trata de fantasia medieval, lançado nos Estados Unidos, em 1974, e sempre atualizado.

 

A iniciativa de realizar a feira medieval partiu de dois grupos que trabalham com o tema há tempos. Um se dedica à esgrima e outro a festivais temáticos. Segundo Claudino, o evento foi pensado mais para os apaixonado pelos RPGs do que o público do seriado de TV. Porém, todos são bem-vindos.

 

“Criamos algo simples. O evento funciona com 10 mil pessoas ou apenas 10 ou 500. Com mais pessoas, apenas as atividades terão mais espectadores. O local é um parque muito amplo”, afirma ele.

 

Quem for no evento com vontade de participar dos jogos, porém, terá que se contentar em apenas ficar na torcida. As vagas eram limitadas e todas já foram preenchidas com inscrições feitas previamente, “por ordem de chegada do pedido”, segundo informou Claudino. Um cadastro foi criado para os interessados que não conseguiram vaga e podem vir a participar em caso de desistências.

 

Para contornar esse problema, os organizadores criaram uma Arena Livre para que todas possam sentir um pouco do gostinho de participar de uma hema ou swordplay.

 

Tradução:

Hema - abreviação em inglês para Artes Marciais Históricas Europeias. Refere-se a um vasto leque de lutas tais como combate sem arnês (armadura) com várias armas (espada, espadim); combate em arnês com diversas armas; combate montado (com arnês e sem ele, principalmente com espada e lança) e combate desarmado (luta corpo-a-corpo, boxe e chutes).

 

Swordplay - esporte que simula uma batalha entre combatentes equipados com réplicas de espadas ou instrumentos de combate revestidos com espuma para garantir a segurança dos participantes envolvidos.

 

Da programação da feira também faz parte competição de arco e flecha, arremesso de lança e toras, além de disputas de jogos de tabuleiro e xadrez. Também terá comidas e bebidas típicas (nesse quesito, o destaque é o hidromel que é uma bebida alcoólica à base de mel), além de shows de danças.

 

"Não fazemos uma recriação puramente histórica. Mesclamos com o mundo fantástico. O fascinante na época medieval é a maneira como as pessoas lidam com as próprias vidas. As desigualdades eram bem acentuadas, mas existiam características que hoje não reconhecemos tanto: o valor da palavra, da honra. Isso valia para todos, inclusive os nobres”, afirma Claudino que irá para o evento caracterizado de sábio medieval.

 

Veja aqui como fazer um modelito medieval rápido e barato:

Ouça 1 hora de música medieval instrumental:

 Game of Thrones, verbete

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Cervejarias do Nordeste e Centro-Oeste marcam presença no Talk Chopp com a Lupulinário em agosto

02/08/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br