O cortejo de sereias pela Baía da Guanabara

O carnaval de rua do Rio de Janeiro, este ano, vai contar com 473 blocos. E sempre cabe mais um. Abram alas para o Sereias da Guanabara que faz sua estreia na folia da cidade com o 1 Mergulho de Carnaval, no próximo dia 20. Vai rolar cortejo em torno da Baía. O ponto de encontro só será divulgado horas antes do início, marcado para 16h. Dica preciosa: vá para perto do aeroporto Santos Dumont, no Aterro do Flamengo.

 

 

O bloco é fruto da iniciativa de um grupo de dez amigos, liderado pelo jornalista Leo Sales, de 32 anos. A ideia, segundo ele, é cair na folia, mas com crítica social e política e muito deboche.

 

“Somos sereias, mas da Guanabara, um lugar difícil, duro porque é um poço de lixo. Simbolizamos a resistência no meio dessa sujeirada toda. Acreditamos que carnaval é isso. Temos nossas mazelas, mas não podemos deixar de brincar. O bloco também é uma crítica à nossa cidade”, explica Sales.

 

O grupo ainda não tem uma banda. Esse primeiro cortejo vai ser embalado por carro de som. Na caixa, músicas que falam de mar e água de uma maneira geral. Vai ter  marchinha, axé, samba-enredo e MPB, com muita Clara Nunes.

 

 

Nascido no município de Nilópolis, terra da campeoníssima escola de samba Beija-Flor, Sales tem “carnaval no sangue”, como diz. Há 15 anos, ele vive no Rio, no bairro de Botafogo. Em paralelo ao seu trabalho como jornalista, produz a festa Flsh Lovers, voltada para o público LGBT.

 

Na sua opinião, o bloco - cujas cores são azul turquesa, branco e roxo - vai atrair todo tipo de pessoas, de todas as idades, pelo seu apelo lúdico e irreverente. Sereias, golfinhos, conchas e peixinhos desfilarão ao lado de garrafas pet, pneus e outros lixos.

 

O Sereias ainda não tem padrinho nem madrinha. Sales conta que a ideia é fazer uma eleição para escolher o ocupante dos postos, inclusive, de sereia mirim.

 

“Nessa nossa chegada ao carnaval, vamos fazer um brinde à água que é um símbolo de purificação, que representa as nossas emoções e é a fonte da vida”, afirma Sales.

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Pernaltas e a arte de brincar o carnaval nas alturas

08/02/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br