• Sônia Apolinário

Spaten será a cerveja da 37ª Oktoberfest de Blumenau

A Spaten será a cerveja oficial da 37ª Oktoberfest de Blumenau. A centenária marca alemã tem uma íntima ligação com a tradicional festa de Munique. Atualmente, faz parte do portfólio da Ambev e, no Brasil, é produzida em Campinas (SP).



A chegada da marca à maior Oktoberfest nacional foi anunciada na última quarta-feira (20) pela Prefeitura de Blumenau. A Spaten também marcará presença no Sommerfest 2023 cuja edição de 2022, que seria realizada em janeiro, foi cancelada por conta da pandemia do Coronavírus. O evento é uma espécie de Oktoberfest de verão.


A Oktoberfest de Munique, maior e mais icônica celebração da tradição alemã de cerveja, tradicionalmente abre os festejos sangrando o primeiro barril de Spaten. Agora, a Oktoberfest de Blumenau, uma das maiores fora da Alemanha, vai replicar a tradição.


Em 2022, a Oktoberfest de Munique está prevista para acontecer de 17 de setembro a 3 de outubro. Já a festa brasileira está marcada para ser realizada entre os dias 5 e 23 de outubro.


No Brasil


Ano passado, a Ambev relançou a Spaten no país. Em 2007, o grupo cervejeiro trouxe o rótulo alemão para o Brasil, pela primeira vez, junto com a Löwenbräu e a Franziskaner - todos integrantes do mesmo grupo que pertence a Inbev. Naquela época, as cervejas eram importadas sendo que a Spaten não vinha para o Brasil com regularidade.

A história da alemã Spaten começa em 1397. De aquisição em aquisição, em 1922, se juntou à cervejaria Franziskaner-Leist-Bräu e, nessa nova composição, desde 1997, faz parte do grupo Spaten-Löwenbräu (que passou a se chamar Schottenhamel).


Este, por sua vez, foi comprado em 2003 pela belga Interbrew que, no ano seguinte, ao se fundir com a brasileira Ambev, virou InBev. A Schottenhamel e a Löwenbräu são duas das seis marcas autorizadas a participar da tradicional Oktoberfest de Munique.


A Spaten já como Schottenhamel foi uma das primeiras cervejas alemãs a serem exportadas, principalmente, para os Estados Unidos. É na tenda desta marca (Schottenhamel) que a Oktoberfest alemã oficialmente começa quando, no primeiro dia do evento, às 12h, o prefeito de Munique abre o primeiro barril. Isso aconteceu pela primeira vez em 1950.


Desde 2021, a Spaten disponível no mercado nacional está sendo produzida na fábrica da Ambev, em Campinas (SP).


Com o relançamento da marca, a Ambev começou um trabalho de marketing para "apresentar" para o grande público brasileiro o estilo Munick Helles, que foi criado pela própria Spaten em 1894. Foi a “resposta” alemã para a Pilsner. O então novo estilo de cerveja clara, criado na República Tcheca (na cidade de Pilsen), estava desbancando as dunkel, as tradicionais cervejas escuras alemãs, na própria Alemanha. Munick Helles significa “Clara de Munique” em contraposição à onipresente Munich Dunkel.


A Helles e a Pilsner têm sabores parecidos, sendo que a Helles é mais maltada e menos amarga do que a “prima”.


Leia também: Oktoberfest no Brasil é chance de promover cervejas no pouco explorado estilo alemão

Destaques
Últimas