• Sônia Apolinário

Festival online dá protagonismo a mulheres compositoras e intérpretes

No Dia Internacional da Mulher, o Festival Espelho D'água Mulheres em Pauta coloca no palco mulheres compositoras e intérpretes. São várias apresentações que serão transmitidas, ao longo do dia 8 de março, do Centro de Música Carioca.


A abertura, às 13h, será com a Secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Danielle Barros, em entrevista com a idealizadora e produtora do projeto, Kryka Pujol. Às 15h, entra em cena a pianista Deborah Levy. Às 16h, a violinista Ana de Oliveira apresentará o repertório de seus dois mais recentes trabalhos: “Dragão dos Olhos Amarelos” (seu primeiro álbum de violino solo lançado em 2020) e “Carta de Amor e Outras Histórias” (lançado em 2019 ao lado do multi-instrumentista e compositor Sérgio Ferraz, que será seu convidado especial para a apresentação).


Às 17h, quem se apresenta é a pianista Maria Teresa Madeira. Professora e coordenadora dos cursos de Bacharelado da UniRio, ela já participou de 15 edições da Bienal de Música Contemporânea Brasileira. Em 2020, recebeu o prêmio de melhor instrumentista pelo disco “Duas Marias”.


ÀS 18h, é a vez da cantora Fátima Regina, que será seguida por outra cantora. Às 19h, Indiana Nomma fará um tributo a Mercedes Sosa, artista ícone da América Latina. Às 20h, mais uma cantora sobe ao palco: Patricia Mellodi.


Delia Fischer encerra as apresentações, a partir das 21h. Cantora, compositora, pianista e diretora musical, em 2019, ela foi indicada ao Grammy Latino de Melhor Álbum da MPB pelo seu álbum “Tempo Mínimo”. O mesmo trabalho foi selecionado pela revista norte-americana "Downbeat" como um dos melhores daquele ano.


Entre uma música e outra, apresentações de poesia pelas mulheres poetas do movimento cultural SLAM das Minas


As transmissões serão feitas pelo canal do Youtube da Espelho D'água Produções.




Destaques
Últimas

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolinário