• Sônia Apolinário

Documentário inglês sobre a experiência visual em nossas vidas abre o festival É Tudo Verdade

“A História do Olhar”, do premiado documentarista britânico Mark Cousins abre, nesta quinta-feira, 31, a 27ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários. Haverá exibição em sala de cinema, em São Paulo e, em seguida, a obra ficará disponível por 24h para ser vista gratuitamente, online. Na sexta-feira, 1 de abril, outra obra de Cousins abre o festival, no Rio de Janeiro, no mesmo esquema.



Em São Paulo, a sessão inaugural do festival acontece para convidados no Espaço Itaú de Cinema, às 20h. Às 21h, o filme ficará disponível por 24 horas, para todo o país, na plataforma É Tudo Verdade Play, com o limite de 1500 visionamentos.


Sinopse: enquanto espera uma cirurgia oftalmológica, Mark Cousins explora o papel da experiência visual em nossa vida individual e coletiva.

A edição do Rio de Janeiro, no dia 1 de abril, será com a exibição de “A História do Cinema: Uma Nova Geração” (The Story of Film: A New Generation). O evento acontece no Espaço Itaú de Cinema Botafogo, a partir das 20h. O filme também ficará disponível por 24 horas para ser assistido (a partir das 21h), na plataforma É Tudo Verdade Play, também com o limite de 1500 visionamentos.


Sinopse: Mark Cousins oferece esperança e otimismo ao explorar filmes diversos e falar de como a tecnologia está mudando o curso do cinema no novo século.


“A aproximação entre o cinema mais autobiográfico, que mostra a vida cotidiana sendo impactada pela História é uma tendência muito presente na programação deste ano do festival”, observa o diretor-fundador do evento, Amir Labaki.


Para assistir, entre no site www.etudoverdadeplay.com.br e faça seu cadastro; em seguida, faça o login, clique no filme selecionado e aperte o Play.


Saiba todos os detalhes sobre a 27ª edição do É Tudo Verdade, aqui


Confira a programação completa, aqui

Destaques
Últimas