top of page
  • Sônia Apolinário

Colonus nº7 foi eleita melhor cerveja Mondial de la Bière pelo público do último dia do evento


Uma cerveja produzida com a ajuda de um whiskey foi considerada pelo público presente no último dia do Mondial de la Bière a melhor do evento. De acordo com os organizadores, na votação feita no domingo (15), o rótulo vencedor foi o Colonus nº7, da cervejaria Colonus, de Petrópolis (RJ), que fez sua estreia no evento.


A cervejaria descreve a Colonus nº7 da seguinte forma:


“Cerveja forte puro malte de alta fermentação com extrato aromático, destilado, não alcoólico de milho, centeio e cevada, obtido a partir do whiskey Jack Daniel’s© Nº7. Muito encorpada e complexa, possui espuma rica, cremosa e de boa duração, teor alcoólico acima do normal para o estilo, graças aos maltes de alta qualidade, em quantidade superior”.



Os segundo e terceiro lugares, pela votação popular foram, respectivamente: Cerveza Guapa (Petrópolis, RJ), com a Piña, Sour de abacaxi com hortelã e Criatura Beer (RJ), com a Dona Juju, uma Sour Ale com sal marinho e caju.


No primeiro dia do evento, na quarta-feira (11), foram anunciados os vencedores do MBeer Contest Brazil, o concurso do Mondial de la Bière. O rótulo vencedor, que levou a medalha de platina foi o Bodebrown St. Arnold 10 Wood Aged (uma Belgian Dark Strong Ale de 10% de teor alcoólico), da cervejaria Bodebrown, de Curitiba (PR).


A marca também levou medalha de ouro no concurso com o rótulo Luppolo Mosaic (Hazy Strong Pale Ale).


Ao todo, 10 cervejarias levaram medalhas de ouro no concurso. Confira


Os números da edição 2023 do Mondial de la Bière, segundo os organizadores foram:


45 mil visitantes

90 mil litros de cerveja consumidos.

120 cervejarias

1500 rótulos

30 operações gastronômicas

40 horas de música

25 toneladas de alimentos não perecíveis arrecadados através do ingresso Cervejeiro Solidário que serão doados para instituições carentes via Sesc Mesa Brasil.


- Já estamos nos preparando para fazer a próxima edição ainda maior. A ideia é seguir expandindo, proporcionando experiências de entretenimento e trazendo marcas de todo o país e do mundo – afirmou Gabriel Pulcino, Gerente de Projetos da GL events.


Dias antes do início do Mondial, ele e Laura Harvey, Coordenadora de Marketing do evento, deram a seguinte entrevista para Lupulinário: Executivos do Mondial de la Bière Rio falam sobre os 10 anos do evento


コメント


Destaques
Últimas
bottom of page