• Sônia Apolinário

Blockchain, games e LGPD em debate na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de Niterói

A Prefeitura de Niterói preparou a XVIII Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que comemora o mês da Ciência, Tecnologia e Inovação com o tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”. Dentre os objetivos estão cooperação, articulação, interação, troca de informação, transferência de tecnologia, multilateralismo, superação de limites e reafirmação do compromisso com a vida no planeta.



O evento é organizado pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Informação (SMCTI), e terá início nesta quarta-feira (13), no auditório do Caminho Niemeyer, às 17h, com um debate sobre Ciência e Negacionismo que terá transmissão ao vivo. Para participar de alguns painéis da programação, é necessário fazer inscrição. No dia 20 de outubro, às 13h, a Plataforma Urbana da Engenhoca recebe o Workshop em Blockchain, que é uma tecnologia que valida dados e fornece segurança das transações com criptoativos. A partir das 14h, o webinar “Imersão em Blockchain” também será transmitido ao vivo. Na ocasião, serão discutidas e abordadas ideias e soluções voltadas a blockchain que possam potencializar a gestão e os serviços públicos.


Temas como “Blockchain na Gestão pública”, “Smart Contracts” e “A carreira de desenvolvedor de Blockchain” serão apresentados por profissionais de referência na área, como a especialista em Blockchain e Criptomoeda, Helena Margarido, e a coordenadora da Comissão de Estudo de Software, Tecnologia e Proteção de Dados da ABPI, especialista em Aplicações e Inovações Empresarias de Blockchain pelo MIT, Co-host do Podcast “Panorama Regulatória” no portal Future of Money, da Revista Exame e pesquisadora e professora, Thamilla Talarico. Nos dias 21 e 22, das 9h às 13h, no Caminho Niemeyer, acontece o workshop sobre Adequação Municipal à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). O objetivo é debater os principais pontos em que a LGPD pode impactar o governo municipal de Niterói, apontando as responsabilidades dos gestores públicos e as possibilidades de sanção que a lei apresenta. Este workshop é fruto de uma parceria entre a Prefeitura, através da SMCTI, com o grupo de pesquisa Tutela de Dados Pessoais, cadastrado no CNPq, coordenado pelos professores Plinio Lacerda Martins e Sérgio Gustavo de Mattos Pauseiro, vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal Fluminense. O dia 26 será dedicado ao Niterói Game Conf. O evento tem como objetivo fomentar na cidade uma discussão em torno dos desafios da atual indústria de games no cenário nacional. Essa área vem se destacando na economia nacional e internacional e na geração de empregos. Com isso, o evento traz reflexões como: Qual o papel do governo no incentivo a geração de novas empresas e no desenvolvimento de novas franquias? Quais os mecanismos para criar ambientes de inovação que possam potencializar a geração de mão de obra qualificada e a oferta de novos empregos no setor de games?


Serão realizados painéis de debates, seguidos de talk-shows com produtoras e empresas do setor de games e audiovisual sobre os temas: Ambientes Inovadores e o fortalecimento da indústria de games, O gap de desenvolvedores no Brasil na área de games, Games na educação: de antagonistas a grandes aliados e A presença feminina na indústria.


Confira a programação completa do Niterói Game Conf aqui


Para o encerramento, no dia 27, está programada a inauguração do Hub de Games - Habitat de Inovação direcionado ao fomento e impulsionamento de negócios na área de games. No espaço, que vai funcionar no Terminal Rodoviário João Goulart acontecerão meetups e workshops, além de oferecer um programa específico de inclusão digital.


Confira a programação do Hub de Games aqui





Destaques
Últimas