• Sônia Apolinário

Webinar 'Além do Copo' terá palestras feitas somente por mulheres

Um webinar organizado por mulheres e que contará somente com mulheres palestrantes. Assim é o “Além do Copo – Reflexões e Práticas de Mulheres sobre a Cerveja”. A programação será exibida, ao vivo, via Zoom, entre os dias 3 e 29 de novembro.

A iniciativa juntou a sede com a vontade de beber. Um grupo no Whatsapp estava atraindo cada vez mais cervejeiras para troca de informações sobre o segmento. Dentre elas, algumas estavam pensando em como realizar a segunda edição do Mergulho na Cerveja, que aconteceu em 2018, em Fortaleza (CE). Assim, começou a ser fermentada a ideia de se criar um novo evento, em um formato adequado ao “novo normal”.

“Existem muitas mulheres no meio cervejeiro, mas pouco reconhecidas pelos eventos tradicionais. Geralmente, as mulheres são lembradas quando os eventos estão relacionados com o Dia da Mulher. Porém, no restante do ano, as mulheres não costumam ser convidadas para palestrar”, comenta a jornalista Hannah Moreira, integrante do conselho da Confradelas, confraria cervejeira feminina de Fortaleza, que ajudou a criar o Mergulho na Cerveja.

O “Além do Copo” é um evento pago. Os ingressos serão integralmente revertidos para remunerar as palestrantes. Será possível adquirir ingressos separadamente para cada palestra.

A programação foi dividida em dois eixos. Em “A Boca que Pensa Cerveja”, o foco está em pessoas que se interessam em refletir sobre o consumo e o mercado da cerveja sob a perspectiva social, de inclusão e da saúde. Já em “A Mão que Produz Cerveja”, entram em cena profissionais de cervejarias que irão abordar aspectos técnicos de produção, gestão e marketing, além que questões relacionadas com o dia-a-dia da fábrica, sob a perspectiva de gênero e inclusão.

Hannah explica que esse formato foi pensado para abrir oportunidade de participação tanto do público iniciante quanto para os que buscam se aprofundar nas questões técnicas. Todas as palestras serão gravadas. Quem comprar o ingresso e não puder acompanhar ao vivo terá 30 dias para assistir.

Das 41 mulheres que fazem parte do grupo no Whatsapp, 17 participam da organização do evento. Destas, cinco formam o “núcleo duro” da “produção. São elas: Julia Quadros (sócia e cervejeira da Oripacha - cervejaria pomar); Bianca Telini (co-fundadora da Clado Consultoria); Taís Suhre (co-fundadora da cervejaria cigana Coletivo Minore); Lorena Lopes (assistente administrativo da Cervejaria Capitosa e umas das fundadoras da Confradelas), além de Hannah.

Da ideia à execução, o webinar foi criado em pouco mais de um mês.

“Evento online é mais rápido para realizar, porém, mais difícil porque temos que correr mais contra o tempo. Nesse tipo de evento, o custo cai e é possível alcançar o maior número de pessoas, inclusive do exterior”, afirma Hannah.

Confira a programação

Compre seu ingresso aqui

Destaques
Últimas

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br