Violonista Guinga celebra 70 anos com série de shows no CCBB

Ao longo do mês de março, quatro shows vão celebrar os 70 anos do compositor e violonista Guinga. Todos serão realizados no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro.  O primeiro deles será na próxima quarta-feira (dia 4), às 19h30, quando o músico receberá a cantora italiana Gioia Persichetti e o também violonista Jean Charnaux. Faz parte da programação uma Masterclass com o próprio Guinga. 

 

Dentista de formação, Carlos Althier de Sousa Lemos Escobar atuou como violonista de artistas como Clara Nunes, Beth Carvalho, Alaíde Costa, João Nogueira e Carlota. Suas músicas foram gravadas por Elis Regina, Chico Buarque, Leia Pinheiro e Ivan Lins, entre outros. Guinga tem dez álbuns gravados. Em 1996, “Cheio de Dedos” recebeu prêmio Sharp como melhor disco instrumental do ano.

 

Batizada “Guinga e as Vozes Femininas”, a série de shows no CCBB-RJ terá também as participações das cantoras Mônica Salmaso (dia 11), Leila Pinheiro (18) e Anna Paes (25). As apresentações contarão, respectivamente, com as participações dos músicos Jean Charnaux, Marcus Tardelli e Thiago Amud. Anna Paes também vai ministrar uma palestra sobre a obra de Guinga, no dia 13 de março.

                               

“A série celebra a trajetória de vida e música do Guinga, não só um dos mais importantes violonistas da história da música brasileira, como um dos compositores mais singulares de todos os tempos. A identificação de Guinga com as vozes femininas é algo que lhe é bastante característico e que vem de há muito tempo: Guinga aprendeu a tocar violão acompanhando sua mãe cantando e, desde a década de 1970, acompanhou várias cantoras como Elza Soares, Nana Caymmi, Alaíde Costa, Zezé Gonzaga, Miúcha, além de Leila Pinheiro e Mônica Salmaso, entre muitas outras”, comenta a produtora Fernanda Vogas, idealizadora do projeto.

 

No dia 20 de março, Guinga dará uma Masterclass quando conversará com o público sobre seu universo musical. Será às 18h30 e, ao contrário dos shows, esse encontro é gratuito. Sua biografia já foi contada no livro "Guinga, os mais belos acordes do subúrbio", escrito pelo jornalista Mário Marques, e publicada em 2002 pela Editora Gryphus. No ano seguinte, a mesma editora lançou o songbook "A Música de Guinga", com as partituras de grande parte de sua obra.

 

"Guinga e as Vozes Femininas” poderá ser visto em outras três cidades: CCBB Brasília (26 a 29 de março), CCBB Belo Horizonte (25 a 28 de junho) e CCBB São Paulo (05 a 08 de agosto). Em todos os locais, o músico repetirá a Masterclass.

 

                Gioia Persichetti                    Mônica Salmaso

 

 

Serviço

Guinga e a Vozes Femininas

Local: Teatro II do Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66, Centro

Datas: 4, 11, 18 e 25 de março

Horário: 19h30

Preço dos ingressos R$ 30,00 (R$ 15,00, meia)

 

 

Para comentar, aqui

 

 

                 

               

             

                  Leila Pinheiro                            Anna Paes

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Cervejarias do Sul e do Sudeste marcam a programação do Talk Chopp com a Lupulinário em setembro

30/08/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br