Criação de um Programa de Gestão de Qualidade une grande e pequena indústria cervejeira

Pela primeira vez, a grande indústria cervejeira e as artesanais se unem para trabalhar em um projeto. O Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv) e a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) fecharam uma parceria para desenvolver um Programa de Gestão da Qualidade para Cervejarias.

 

        

Presidente da Abracerva, Carlo Lapolli explica que o Programa, na prática, será uma ferramenta de diagnóstico online. Cada cervejaria preencherá um formulário. Com base nas informações enviadas, receberá de volta um plano de ação de melhoria do seu processo de qualidade.

 

Um segundo momento desse trabalho prevê geração de conteúdo com produção de apostilas e realização de treinamentos presenciais e a distância.

 

“Será algo bem aberto. Qualquer cervejaria poderá utilizar porque as orientações serão dimensionadas para todos os tamanhos de fábricas”, explica Lapolli.

 

Ele informa que os custos para a criação da plataforma ainda estão sendo levantados e, portanto, a divisão das despesas não foi definida. Adianta, porém, que haverá contribuição de associados de ambas as instituições.

 

O Sindicerv tem dois associados: Ambev e Grupo Heineken, responsáveis por mais de 80% da fabricação de cerveja no Brasil. A Abracerva tem 800 associados de micro e pequeno portes. Ambas instituições têm sede em Brasília.

 

Lapolli observa que as contribuições não se restringem à parte financeira, mas também com a participação de “gente qualificada dos dois lados”. Isso porque estão sendo estruturadas duas comissões: uma técnica e outra executiva.

 

Essas comissões vão estabelecer cronogramas de trabalho e plano de ação. Também serão responsáveis pela coordenação do projeto.

 

A criação de um Programa de Gestão da Qualidade para cervejarias é uma resposta do setor para o Caso Backer?

 

“O problema da Backer acabou sendo, claro, o estopim, uma vez que é um caso baseado em segurança alimentar. Percebemos uma oportunidade das indústrias trabalharem em conjunto, para qualificar melhor as cervejarias”, afirma Lapolli.

 

“A intenção é permitir que todas as cervejarias, sejam elas micro, pequenas, médias ou grandes, tenham acesso à tecnologia e padrões de qualidade do mais alto nível. É unir as cervejarias, de forma colaborativa, em prol da qualidade cervejeira”, explica Luiz Nicolaewsky, Superintendente Executivo do Sindicerv.

 

O site www.qualidadenacerveja.com.br já está no ar e permite que interessados se cadastrem.

 

O Sindicerv  é presidido por Disraelli Galvão Guimarães. Ele trabalha há 17 anos na Ambev como Diretor de Relações Institucionais. A vice-presidência da instituição é ocupada por Nelcina Tropardi, Vice- Presidente de Assuntos Corporativos do Grupo Heineken no Brasil.

 

O projeto de desenvolvimento de um Programa de Gestão da Qualidade para cervejarias será acompanhado pelo SENAI/MG e conta com o apoio do Sindbebidas/MG e FIEMG.

 

Para comentar, aqui

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Vamos respirar?

28/03/2020

1/5
Please reload

Últimas

28/03/2020

Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br