Barbie com vitiligo e sem cabelo são duas novas versões da boneca que chegam ao mercado

 

Uma Barbie com vitiligo e outra careca foram incluídas na linha Fashionistas da boneca criada há 61 anos e que se tornou padrão de beleza internacional. 

 

De acordo com a empresa norte-americana de brinquedos Mattel, para a criação da Barbie com vitiligo, um dermatologista foi consultado para que a doença de pele fosse representada com precisão.

 

A causa do vitiligo é desconhecida. A hipótese mais aceita é que se trata de uma doença autoimune. A doença não é contagiosa. É caracterizada por criar áreas de despigmentação da pele. Geralmente, começa por partes do corpo que são expostas ao sol. A despigmentação é o resultado da destruição das células que produzem a melanina. Não há cura para o vitiligo.

 

A Barbie careca busca a identificação de meninas que passam por doenças ou tratamentos que causam queda total de cabelos. Câncer é a doença de maior ocorrência, nesses casos.

 

As duas bonecas foram incluídas na linha Fashionistas, criada ano passado, em colaboração com a ativista, designer e autora Jordan Reeves. Ela tem 14 anos e seu braço esquerdo parou de crescer logo antes do cotovelo. A jovem se dedica a construir soluções criativas para ajudar crianças com deficiências.

 

Faz parte da linha Fashionistas uma Barbie cadeirante, outra com prótese na perna, além de um Ken de cabelos compridos e Barbies com diversos tons de peles e estilos de cabelos.

 

 

Leia também: Barbie coloca sua casa em Malibu para alugar no Airbnb

 

 

Para comentar, aqui

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Pernaltas e a arte de brincar o carnaval nas alturas

08/02/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br