Documentário mostra os bastidores de um longa de animação feito com pinturas de Van Gogh que levou dez anos para ficar pronto

O documentário “Com Amor, Van Gogh – O Sonho Impossível” estreia quinta-feira (dia 30) nos cinemas. O filme, que teve pré estreia em algumas cidades, explora os bastidores da obra de animação “Com Amor, Van Gogh”, que levou dez anos para ser realizada. 

 

Não foi fácil para os diretores Dorota Kobiela e Hugh Welchman convencerem produtores cinematográficos sobre a viabilidade de se fazer um longa-metragem de animação sobre Vincent Van Gogh usando apenas suas pinturas. É isso o que o documentário mostra.

 

O filme acabou por ser feito a partir de 65 mil pinturas a óleo sobre tela por uma equipe de 115 pintores, que usaram a mesma técnica do artista holandês.

 

A história se passa em 1891, um ano após o suicídio de Van Gogh. Armand Roulin (Douglas Booth) encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. Lá, inicia uma investigação junto às pessoas que conheceram Van Gogh, no intuito de decifrar se ele realmente se matou.

 

Lançado em 2017, "Com Amor, Van Gogh" foi um dos cinco finalistas da categoria de melhor animação nas premiações do Oscar e Globo de Ouro em 2018, mas o vencedor foi o filme “Viva: A Vida é uma Festa”.

 

Veja o trailer do documentário

 

Para comentar, aqui

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Pernaltas e a arte de brincar o carnaval nas alturas

08/02/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br