Caruaru recebe Bienal do Barro do Brasil

“Nem tudo o que se molda é barro” é o tema da 2ª Bienal do Barro do Brasil, que será realizada de quinta-feira (17), até 15 de novembro em Caruaru (PE).  Na terra de Mestre Vitalino, 16 artistas vão apresentar suas obras e chamar a atenção para a importância do resgate do barro como símbolo cultural da região. Na abertura, às 18h, na Fábrica Caroá, haverá uma performance com a bailarina pernambucana Flávia Pinheiro.

 

Originários de vários locais do Brasil, os artistas têm em comum a utilização do barro como matéria-prima para arte contemporânea, em diferentes suportes, inclusive, performances.

 

Idealizador do evento, o também artista Carlos Mélo explica que seu objetivo foi criar condições para que se inicie um “resgate do barro”:

 

 

 

“Através do conceito Agreste/Resgate, queremos gerar novas plataformas de produção artística, no Agreste pernambucano, até então, fora do circuito da arte. A região tem no barro uma tradição cultural que vem sofrendo com a falta de políticas culturais, incentivo e fomento de ação para a preservação do patrimônio cultural. Buscamos uma retomada da força telúrica de um território considerado celeiro de produção artística”, afirma.

 

A primeira Bienal foi realizada em 2014. De acordo com o curador Márcio Harum, a intenção é perpetuar o evento, pelos próximos anos, no calendário de exposições do país. Coordenador do programa educativo no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo, ele conta que o visitante fará, antes de mais nada, um “mergulho em espaços históricos”.  Isso porque, a Fábrica Caroá, que data da década de 1930, já foi uma grande potência econômica para a cidade. O evento também poderá ser visitado no Sesc Caruaru.

 

O Galpão da fábrica também abrigará o Programa Educativo. Coordenado pelos educadores Lucia Padilha e Hassan Santos, a ação promoverá rodas de conversas semanais, tour com mediadores culturais e entrega de kits educacionais para estudantes.

 

 

Serviço

 


2ª Bienal do Barro do Brasil

Local: Fábrica Caroá - Praça Coronel José de Vasconcelos, 100
Dia e Hora: de terça a domingo, das 9h às 17h

Grátis
 

Para comentar, aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br