Poesias de Carlos Cardoso reunidas em "Melancolia"

O pintor e escultor Carlos Vergara e o escritor Silviano Santiago se juntam ao poeta Carlos Cardoso para um bate-papo cultural, hoje (terça-feira, 8), às 19h, na Livraria da Travessa de Ipanema (RJ). Em seguida, Cardoso lança seu livro de poesia “Melancolia” (Editora Record) cuja capa foi criada a partir de uma obra de Vergara.

 

A composição do artista plástico “traduziu” um dos 39 poemas do livro, “O pato de pedra”, que, segundo o autor, é um “retrato rochoso” dele mesmo.

 

“Que melancolia / pertence a esse pato / em suas fotos / onde o azul prevalece?”, indaga o autor, em um trecho do poema dedicado ao escultor.

 

No livro, pedras estão por toda parte - “perambulam pelos versos”. Ganham vida, sentimentos, vozes e até fantasia de carnaval.

 

Na opinião da escritora e crítica literária Heloísa Buarque de Hollanda, a poesia de Carlos Cardoso é “antes de mais nada, uma técnica de sobrevivência”.  Ela assina a orelha do livro:

 

“Iniciei a leitura pronta para um mergulho num universo poético marcado por tristezas vagas, profundas, resistentes. Mas não achei traços nem as sonoridades melancólicas que previra e, de certa forma, esperava (...) A poesia de Carlos Cardoso é vital”, diz ela.

 

Poeta e também engenheiro, o carioca Carlos Cardoso, de 46 anos, estreou na literatura em 2004 com o livro “Sol Descalço”. “Melancolia” é sua quinta obra. Coube ao também poeta e crítico literário Antonio Carlos Secchin, assinar o posfácio. Lá, o também membro da Academia Brasileira de Letras afirma:

 

“A Melancolia que nomeia a obra não se oferta de início (...) dissemina ao longo do livro (...) Esse não dizer das palavras é o horizonte a que aspira o poeta. Não o silêncio prévio ao dizer, e sim o silêncio para além do que pôde ser dito, e que resiste como núcleo infranqueável e impermeável à verbalização”.

 

Secchin e o poeta Antonio Cícero estarão em São Paulo para participar do bate-papo cultural, ao lado de Cardoso, que antecederá o lançamento de “Melancolia”, na cidade. Será no próximo dia 29, às 19h, na Livraria da Vila (Alameda Lorena 1731, Jardim Paulista).

 

Livraria da Travessa de Ipanema fica na Rua Visconde de Pirajá, 572.

 

Para comentar, aqui

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br