Trem do Corcovado completa 135 anos e ganha novas composições

Na próxima quarta-feira (9) a Estrada de Ferro do Corcovado, que liga o bairro carioca do Cosme Velho ao Cristo Redentor, completa 135 anos. Como presente de aniversário, ganhou novos trens, com direito a teto panorâmico, espaço destinado a bicicletas e cadeiras de rodas.

 

Agora, a capacidade dos trens passa para 600 pessoas/hora - o dobro da atual. Os novos trens partirão a cada 15 minutos e prometem economia no consumo de energia da ordem de 75%.

 

 

 

Os 3.824 quilômetros que ligam a Estação do Cosme Velho ao Cristo Redentor atravessam a Floresta a Tijuca. Durante o percurso, é possível observar pássaros de diversas espécies, micos e pequenos roedores. Por ano, 600 mil pessoas fazem esse passeio. Dentre os turistas célebres que fizeram a viagem estão o cientista Albert Einstein, o Papa João Paulo II, Santos Dumont e a princesa Diana.

 

Em 1884, coube a Dom Pedro II inaugurar a Estrada de Ferro do Corcovado, criando assim, o passeio sobre trilhos mais antigo do país. A estrada é mais antiga do que o  monumento do Cristo Redentor. Foi o trem que, durante quatro anos consecutivos, transportou as peças para a construção do monumento, que teve sua pedra fundamental lançada em 1922, sendo inaugurado em 1931.

 

 

 

Na época da inauguração, o transporte era feito por tração a vapor. O sistema elétrico, pioneiro no Brasil, começou a funcionar em 1910. A terceira geração de trens, fabricada pela empresa suiça SLM, chegou ao Brasil em 1979. As novas composições foram produzidas por outra empresa suíça, a Stadler.

 

Assim, para a festa de inauguração, a  estação será decorada com cenografia inspirada no país europeu. A celebração inclui, ainda, uma exposição sobre os 135 anos da estrada de ferro e a inauguração do Corcovado Experience — uma “aventura sensorial” que explica, com emoção e informação, sobre a importância do Parque Nacional da Tijuca para o ecossistema da cidade do Rio de Janeiro.

 

Localizado no coração da cidade, o Parque é a segunda maior floresta urbana do mundo replantada pelo homem. O reflorestamento foi ordenado por Dom Pedro II. Foi uma iniciativa pioneira, em toda a América Latina, feito no século XIX, na época do Segundo Reinado, quando se tornou patente que o desmatamento causado pelas fazendas de café estava prejudicando o abastecimento de água potável da então capital do Império. Com cerca de 3.200 hectares, tem a grande vantagem de mesclar centenas de espécies da fauna e da flora só encontradas na Mata Atlântica. Parte da arrecadação da bilheteria do Trem do Corcovado é destinada ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIo) para a conservação da mata.

 

A "festa de aniversário" começa às 10h, com uma missa celebrada pelo padre Omar, Reitor do Santuário do Cristo Redentor. Porém, será somente às 16h a solenidade oficial que “cortará a fita” da nova composição que fará, então, sua viagem inaugural.

 

A estação do Trem do Corcovado fica na Rua Cosme Velho, 513, no Cosme Velho, RJ.

 

Para comentar, aqui

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br