• Sônia Apolinário

Essa cerveja é PANC

Uma cerveja funcional, sem glúten, registrada como a primeira Panc Beer, do mundo. Essa é a Cinco Beer, que acabou de ser lançada em São Paulo. É o uso da planta ora-pro-nóbis na receita que confere as inéditas propriedades da bebida.

A ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata) faz parte do grupo das Plantas Alimentícias Nãos Convencionais. As PANCs têm desenvolvimento espontâneo (podem ser encontradas em terrenos baldios, calçadas e quintais, porém não são consumidas em larga escala ou são utilizadas apenas em determinadas regiões. Outra característica é serem cultivadas somente por pequenos produtores, em escala doméstica. É fácil de ser encontrada na região Sudeste, principalmente em Minas Gerais. Integra um conjunto de plantas que garante a biodiversidade do país e ajuda a preservar valores de uma alimentação mais sustentável. Assim, também é considerada uma Bio PANC.

Chef funcional, Paulo Berin foi presenteado com uma produção de ora-pro-nóbis, cultivada por um amigo, e foi desafiado a fazer “alguma coisa diferente” com a planta. Ele conta que, “de cara” pensou em fazer uma cerveja.

“Não existem cervejas funcionais no mercado. Sem glúten existem alguns poucos rótulos. Percebi que tinha nesse nicho público consumidor em potencial. Ainda mais agora que aumenta a quantidade do chamado atleta de final de semana, uma pessoa que costuma participar até de corridas, mas não abre mão de beber sua cerveja e dá preferência por uma bebida mais leve”, explica ele, que mora em Bauru (SP).

Até então, Paulo nunca tinha chegado perto de uma brassagem. Nos últimos 15 anos, se dedicou justamente a criar pratos congelados com alimentação funcional sem glúten. Para desenvolver a bebida que idealizara, foi em busca de um mestre-cervejeiro e fechou parceria com Marcelo Henrique Breda, da cervejaria Cuesta, de Botucatu, também no interior de São Paulo.

Foram nove meses de testes até chegarem ao primeiro rótulo da Cinco Beer, uma Witbier com 4,5% de teor alcoólico. O curioso é que a cerveja sem glúten foi feita em um estilo cuja base é o trigo. Um nutricionista e um engenheiro de produção de alimentos também integram a equipe da marca.

O nome Cinco Beer é por conta da proposta que Paulo desenvolveu: ser uma cerveja feita sempre com somente cinco ingredientes – os quatro básicos da bebida (água, malte, levedura e lúpulo) e um “surpresa”. Se a Witbier é uma cerveja funcional, o segundo rótulo (já em desenvolvimento), será uma cerveja proteica.

E pensar que 25% da constituição da ora-pro-nóbis é proteína, mas a planta não será a “vedete” do segundo rótulo. Não por acaso, essa PANC tem como apelido “carne de pobre” e é também muito apreciada pelos veganos, mas nem só de proteína vive essa planta.

Rica em ferro e vitaminas C e A, fortalece o sistema imunológico, ajuda a combater os radicais livres e é uma grande aliada contra a anemia. Tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Com alto teor de fibras, a ora-pro-nóbis auxilia no funcionamento intestinal e promove maior saciedade, podendo ser utilizada em estratégias de emagrecimento.

Comunic: A Cinco Beer não engorda ?

PB: Como é uma cerveja sem glúten, ela não dá aquela sensação de estufamento das cervejas convencionais. Ela não engorda tanto porque não estufa tanto.

Para comentar, aqui

Destaques
Últimas

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br