Longa 'O Homem que Matou Dom Quixote' estreia após 30 anos de produção

 

Após 30 anos de produção, o filme “O Homem que Matou Dom Quixote” , de Terry Gilliam, começou sua carreira nos cinemas e estreia no Brasil quinta-feira (6). Com Jonathan Pryce e Adam Driver nos papeis principais, a saga por trás das câmeras que envolve a obra inclui set a morte de dois atores escalados para viver Dom Quixote.

 

O “teimoso” diretor é o criador de obras como “Monty Python em Busca do Cálice Sagrado”, “O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus”, “Os 12 Macacos” e “Brazil: O Filme”. Terry também assina o roteiro de “O Homem que Matou Dom Quixote”, inspirado no clássico livro de Miguel de Cervantes.

 

Na história, um velho sapateiro espanhol, que acredita ser Dom Quixote (Jonathan Pryce) confunde o arrogante diretor de comerciais Toby (Adam Driver) com seu escudeiro Sancho. Ao longo de suas hilárias e cada vez mais insanas aventuras, Toby se vê preso nas absurdas alucinações do sapateiro, ao mesmo tempo em que é forçado a confrontar as trágicas consequências de um filme que fez em sua juventude, que destruiu a vida de um pequeno vilarejo na Espanha. Enfrentando seus demônios reais e imaginários, ele precisará salvar Dom Quixote de sua loucura e iminente morte.

 

As aventuras do personagem parecem simples diante da acidentada produção do filme. Tudo começa em 1989, quando o diretor tem a ideia do projeto, que só consegue tirar do papel nove anos depois, com um orçamento de US$ 30 milhões.

 

Em 1999, estavam escalados para os papéis principais  Johnny Depp, Jean Rocheford e Vanessa Paradis. Johnny e Vanessa se casam e abandonam o projeto – se separaram em 2012.

 

No ano 2000, as filmagens começam, ao norte de Madrid. O ator Jean Rocheford é

diagnosticado com dupla hérnia de disco e é obrigado a deixar o elenco (ele morreu em 2017). Naquele momento, os produtores desistem do projeto.

 

Em 2008, o diretor consegue os direitos do filme de volta e retoma o projeto com novos produtores. No ano seguinte, Robert Duvall é escalado para ser Don Quixote. Terry, porém, perde o financiamento e o projeto para outra vez. Só volta a ser retomado em 2014, agora com John Hurt à frente do elenco. O ator, porém, é diagnosticado com câncer no pâncreas e abandona o projeto (ele morreu em 2017).

 

Em 2016, nova formação de elenco, com Jonathan Pryce no papel de Quixote. O produtor português Paulo Branco assume o financiamento do filme com orçamento de US$ 18 milhões, mas não honra seu compromisso. As filmagens param e são retomadas no ano seguinte, em Portugal. Em 2018, com o anúncio do lançamento do longa no Festival de Cannes, Paulo Branco entra na Justiça sob alegação de ser detentor dos direitos da obra, mas Terry vence a disputa. A partir daí, o filme começa sua trajetória rumo às salas de cinema.

 

Completam o elenco principal Olga Kurylenko, Stellan Skarsgärd, Joana Ribeiro.

 

 

 

 

 

Veja o trailer

 

 

 

 

 

 

Para comentar, aqui

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Cervejarias do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo marcam presença no Talk Chopp com a Lupulinário em maio

04/05/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br