Escritoras protagonizam história de tribunal por plágio

A escritora norte-americana Nora Roberts entrou, na Justiça brasileira, na última  quarta-feira (24), com uma ação de indenização contra a escritora brasileira Cristiane Serruya por “multiplágio”. De acordo com a acusação, Cristiane reproduziu vários trechos de obras literárias de Nora em diversos livros. Para chegar à conclusão do plágio, a norte-americana usou o programa Grammarly e, por meio dele, detectou uma “colcha de retalhos literária” de sua obra que teria sido  “tecida” por Cristiane. 

 

 

Nora (direita na foto reprodução Internet), porém, não é a única autora de best-sellers a acusar Cristiane (esquerda, reprodução Facebook)  de plágio. Outras três estão dizendo a mesma coisa: Tessa Dare, Sarah Maclean, e Courtney Milan. Todas escrevem romances sensuais com foco no público feminino.  Somando as acusações, Cristiane teria plagiado 34 autores.

 

Nora publicou seu primeiro romance, “Almas em chamas”, em 1981. Até o momento, tem 200 livros publicados em mais de 35 países e traduzidos para 25 idiomas. Já vendeu mais de 500 milhões de exemplares. Ela foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.

 

Cristiane é uma pouco conhecida no Brasil. Ela escreve em inglês e utiliza plataformas de autopublicação como a Amazon. Neste site, consta a informação que ela é advogada, mora no Rio de Janeiro, e começou a escrever em 2012, sem abandonar a prática da advocacia. Até o momento, tem 30 títulos lançados. O site de Cristiane é escrito em inglês.

 

Foi Courtney Milan quem primeiro tocou no assunto, nas suas redes sociais. Ela teria sido alertada sobre os plágios por uma fã. Cristiane chegou a responder algumas de suas mensagens. A brasileira alegou inocência e transferiu a culpa para um ghost writer – autor que escreve anonimamente para outra pessoa assinar a obra.

 

 

Com PublishNews e Literalmente Uai

 

 

Para comentar, aqui

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Paisagens do interior e cervejarias que levantam bandeiras políticas são atrações do Talk Chopp com a Lupulinário em julho

05/07/2020

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br