Araribóia lança uma Christmas Ale para comemorar o primeiro aniversário da cervejaria

Uma Dark Strong Ale feita com nove tipos de malte e onze adjuntos, entre frutas e especiarias, com destaque para a noz moscada. Essa é a Christmas Ale, cerveja comemorativa do primeiro ano da Araribóia que será lançada no dia do aniversário da marca, 1 de dezembro, no Armazém São Jorge, em Niterói.

 

Trata-se de uma cerveja sazonal, com lote limitado e garrafas numeradas, criada pelo mestre-cervejeiro e sócio da Araribóia, Alisson Christi. Ele conta ter levado quatro meses de estudos para definir o perfil de cada malte. Só para montar a receita, 15 dias.

 

“Sou apaixonado pela Escola Belga. A Christmas Ale é tradicional dessa escola e bastante complexa. Busquei essa complexidade para criar uma cerveja especial para o nosso aniversário. O resultado ficou bem equilibrado, seco, com um alcoólico de 8,7%”, conta Alisson.

 

Ao todo, foram fabricados 12 barris de 30 litros. Cada um deles será enviado para os 12 estabelecimentos com os quais a Araribóia mais se relacionou ao longo do seu primeiro ano de existência. O lançamento será no dia 1 de dezembro, no Armazém São Jorge, em Niterói, “onde tudo começou”, como recorda o cervejeiro.

 

Garrafas foram feitas 100, todas numeradas. Alisson informa que essa cerveja é “excelente” para se guardar. Nesse caso, o ideal é manter a garrafa em pé, em local escuro, a uma temperatura de cerca de 15 graus C.

 

Em termos de harmonização, a nova criação da Araribóia vai bem com típicas atrações de final de ano: fruta seca, ameixa, castanha e panetone. Aliás, uma parceria com Daniel Brazil, da Bradum, também de Niterói, transformou a nova cerveja em panetone, literalmente. E a dobradinha cerveja-panetone será um dos kits natalinos especiais da marca.

 

Como balanço desse primeiro ano, Alisson brinca. Diz que o fato da cervejaria ter “sobrevivido” já é “uma grande vitória”. O ponto positivo para o sucesso, segundo ele, foi ter lançado vários rótulos. Atualmente, são quatro: Itacoá (Summer Ale), Charitas (Pattersbier), Jurujuba (Pilsen) e Icaraí (IPA).

 

No quesito “aprendizado”, ele cita erros relacionados com o próprio plano de negócios da empresa. Cigana, a Araribóia mudou, recentemente, de fábrica. Saiu da Mistura Clássica (Angra dos Reis, RJ) para a Ograner (Itatiaia, RJ).

 

“Na Mistura Clássica aprendemos muito, mas preferimos estabelecer uma parceria mais condizente com o tamanho do nosso negócio. Nós somos pequenos e a nova parceria está dando certo”, comenta Alisson, também presidente da AcervA Niteroi.

 

 

 

Junto com ele na sociedade da cervejaria estão o sommelier Guilherme Rabelo e os irmãos David e Marcos Tosta, estes também sócios da Malteria Araribóia.

 

 

 

 

Foto: Divulgação cervejaria Araribóia. Da esquerda para direita: David, Guilherme, Marcos e Alisson

 

 

Para 2018, a ideia é manter os atuais quatro rótulos e investir em lançamentos sazonais, porque, segundo Alisson “ter novidade é importante para o negócio”. A primeira novidade chega até o final do verão. A segunda, no meio do ano, com reprise da Christmas Ale para o próximo Natal.

 

O Armazém São Jorge fica na Rua Dr. Leandro Mota, 8 - Loja B, no Jardim Icaraí, Niterói, RJ.

 

 

                                                             Para comentar, aqui

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br