Degustação apresentará cervejas feitas com lúpulos poloneses desconhecidos no Brasil

Três lúpulos produzidos na Polônia e totalmente desconhecidos no Brasil serviram de ingredientes para a produção de cinco tipos de cerveja. O resultado poderá ser conhecido amanhã, sábado, dia 18, no Armazém São Jorge, em Niterói (RJ). A partir das 14h, rola  "Oficinas de Lúpulos – Polônia", sob comando do o empresário, palestrante e cervejeiro caseiro Wagner Von Paul, mais conhecido como Dr. Carbono.

 

De amigos poloneses, ele ganhou três tipos de lúpulos: Iunga, Palacowy e 7.19 (que recebeu o nome de Amora Preta em homenagem ao Brasil, um total de dois quilos. Para testá-los, convidou pequenos produtores e cada um fez sua cerveja. Foram produzidos os tipos Altbier, Hop Lager, German Ale, Saison e Americn IPA.

 

Na Oficina, todos os participantes ganharão uma ficha para avaliação das bebidas.  Porém, Dr. Carbono avisa que ninguém precisa ser sommelier para participar.

 

“Vamos explicar as receitas, contar a história de cada cerveja e dos lúpulos que, neste caso, são chamados de lúpulos do Novo Mundo, que têm características mais aromáticas. Esses três, ninguém por aqui conhecia.  Vai ser um experiência interessante degustar uma cerveja feita com esses lúpulos”, observa ele que também estuda e cultiva lúpulos.

 

Serviço

 

Oficinas de Lúpulo

Dia: 18 de novembro de 2017

Hora: 14h

Local: Armazém São Jorge - Rua Dr. Leandro Mota, 8 - Loja B, Jardim Icaraí, Niterói - RJ.

Valor: R$ 60,00

Vagas limitadas a 15 pessoas

                                                             Para comentar, aqui

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google +
Please reload

Destaques

Ambev e Pratinha se unem em busca de inovação cervejeira

14/11/2019

1/5
Please reload

Últimas
Please reload

© Todos os direitos reservados Comunic Sônia Apolináriosoniapolinario@yahoo.com.br